Título: Sua Resposta Vale Um Bilhão 
Título Original: Q & A
Autor: Vikas Swarup
Ano: 2009
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 343
Sinopse: Ram Mohammad Thomas está na cadeia. Ganhou um bilhão de rupias, o maior prêmio já pago na história da televisão, por ter respondido corretamente a doze perguntas num programa de perguntas e respostas. Mas como é possível que um garçom de dezoito anos que não fez sequer o curso primário saiba qual é o menor planeta do sistema solar e que inventou o revólver? Sem dúvida houve fraude. Ou não? Para provar que não, o rapaz terá de contar a história de sua vida, curta porém muito movimentada: uma fascinante viagem pela Índia contemporânea, terra onde todos os extremos se tocam e quase tudo é possível.

Sua Resposta Vale Um Bilhão foi o penúltimo livro que li no Desafio Literário de Férias e o segundo livro favoritado por mim em 2015. Os motivos por eu o ter favoritado são vários e os abordarei nesta resenha.



Apesar desse livro ser de ficção, o tom escolhido pelo autor (Vikas Swarup, um diplomata indiano) ao narrar a história é bem realístico. Swarup nos apresenta a dura e até então desconhecida (para mim, pelo menos!) realidade da Índia. Vou confessar que fiquei meio chocado com os tantos temas polêmicos abordados no livro. Para vocês terem noção do que estou falando, saibam de alguns temas abordados no livro: Abuso sexual infantil, Exploração do Trabalho Infantil, Prostituição infantojuvenil e etc. Apesar desses temas terem me chocado um pouco, classifico isso tudo como um dos pontos positivos do livro. Achei legal o autor abordar esses temas mais polêmicos, pois são assuntos dificilmente abordados em livros e servem como uma espécie de protesto, um tapa de realidade em quem está lendo e muitas vezes se esquece de que isso acontece frequentemente em nossa sociedade.

"Pela primeira vez na vida, eu possuía algo mais tangível do que um sonho para provar uma afirmação. E, pela primeira vez na vida, vi uma coisa nova refletida nos olhos que me viam. Respeito. Isso me ensinou uma lição muito valiosa: que os sonhos só têm poder sobre a mente de quem sonha, mas com dinheiro você pode ter poder sobre os sonhos dos outros. E, mais uma vez, os cinquenta mil dentro de minha cueca me pareceram ser cinquenta milhões." - página 168

Além do lado escuro da Índia é mostrado o lado que já estamos acostumados a ver: As belezas do país (há inclusive a história do Taj Mahal que é bem interessante), a sua cultura e as deliciosas comidas (são tantas, que me deixaram faminto! hahaha).

A narrativa do livro é bem gostosa de ser lida. A cada capítulo é contado uma história da conturbada vida do Ram que de alguma forma o ajudou a responder corretamente as 12 perguntas do show de perguntas homônimo "Sua Resposta Vale Um Bilhão". Essas histórias são o ponto alto do livro! Vikas soube muito bem passar uma gama de sentimentos nas narrações de Ram. Me vi rindo em algumas histórias, ficando triste e assustado em outras e ficando de coração partido e com os olhos marejados numa história em particular.

"Porém, sentado do lado de Nita diante do Taj Mahal, ao luar, abro mão do mundo da poesia e do cinema. Olho-a nos olhos e limito-me a perguntar: 'Você me ama?'. E ela responde com uma única palavra: 'Sim'. Essa palavra para mim contém mais significado do que todos os livros de poesia e todos os guias turísticos de Agra. E, quando a ouço, meu coração dá um salto de felicidade. Meu amor poderoso se liberta da terra, bate asas e ascende ao céu, como uma gaivota." - página 292

O protagonista (Ram Mohammad Thomas) é daqueles que ganham nosso coração desde as primeiras páginas e fazem com que torçamos por ele do começo ao fim. Além do protagonista, há vários outros personagens bem legais e interessantíssimos como Salim, melhor amigo de Ram.

O desfecho do livro é o melhor possível, curti muito e fique super feliz com os finais reservados para os personagens dessa fantástica história!

Em suma, Sua Resposta Vale Um Bilhão é um livro surpreendente (seja por sua qualidade ou pelas várias reviravoltas que acontecem na trama), encantador, triste e de certa forma, feliz, sobre um garoto que levou muitas rasteiras no decorrer de sua história e luta por uma vida digna e melhor. Uma história emocionante e marcante que merece ser lida por todo mundo.

Nota: 5 de 5 estrelas

22 Comentários

  1. Assisti o filme desse livro e lembro que gostei bastante. Com certeza o livro é bem melhor e é interessante mesmo o autor abordar certos temas polêmicos, abrindo nossos olhos para situações absurdas (no caso desse livro). Fiquei bem interessada, espero lê-lo futuramente.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wis! Eu nunca assisti o filme, acredita? Por causa disso, não posso dizer qual é o melhor, mas também acho que o livro seja melhor que o filme! rs Pois é, achei interessante e gostei de o Vikas Swarup ter abordado isso no livro! Leia mesmo! :)

      Excluir
  2. Olá, Tony!
    Estou encantada por saber que o livro é muito mais rico e elaborado que o filme (obviamente). Na verdade, eu não sabia que o longa se baseara num livro - encantada em dobro. Pela sua resenha (muito bem escrita, já adianto), percebe-se que não é mais um tipo do "looking for american dream" com plot twist que a sinopse do livro e o filme apresentam. Devo parar de citar o filme (impossível fugir) e ler o livro, eu sei! Obrigada pela dica, Tony!

    Beijos.
    cacofonia-aguda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Agatha! Pois é, o filme foi baseado neste livro! Até um tempo atrás eu também não sabia disso! rs Obrigado, fico feliz que você tenha achado a minha resenha muito bem escrita! É, o livro foge desse tipo, vale muito a pena lê-lo! Por nada, estou aqui para isso! :)

      Excluir
  3. Tenho a leve impressão vou amar esse livro :) o filme foi muito muito, mas muito legal mesmo.
    É muito difícil ver resenhas desse livro :( mas a sua me incentivou bastante :)
    Beijos
    hipogrifos-atrofiados.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cynthia! Verdade, é muito difícil ver resenhas desse livro! Fico feliz que a minha tenha te incentivado bastante! Espero que você leia e realmente ame o livro! :D

      Excluir
  4. Oi Tony, :)

    Não sabia que tinha um livro :o
    Só fiquei sabendo do filme, mas também acabei nem conferindo... mas a sua resenha me animou!
    Mesmo não sendo meu tipo de leitura normalmente, você falou de maniera tão positiva sobre tudo que me deixou curiosa :)

    Beijos! ;*
    Letras Eternas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dayane! Eu também nem sabia, fiquei sabendo há um tempo atrás! rs Leia o livro mesmo, tenho certeza de que vai amar ele! :)

      Excluir
  5. Oiii Tony!!!

    Eu assisti o filme sabe, eu eu até gostei, no filme também mostra uma parte muito feia que não é só na india que acontece, mas que é triste quando retratada. Eu não me lembro muito do filme por que faz tempo que assisti, mas lembro que gostei.
    Pra ser sincera não sabia nem do livro e achei a capa bem criativa :D
    Gostei da sua resenha, não vou dizer que leria agora, maaas não descarto a possibilidade.

    Parabéns pela resenha ;D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Eu ainda não assisti o filme, acredita? Não sei qual é essa parte, mas se for alguma das que tem no livro é realmente muito triste quando retratada! :( Eu também achei a capa do livro bem criativa, adorei ela! haha Obrigado, fico feliz que você tenha gostado da resenha! :)

      Excluir
  6. Não conhecia o livro, me interessei na história acho que vou ler... Pena que ultimamente estou com muita preguiça hehe

    ♡ lugarrnenhum.blogspot.com.br ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andri! Hahaha deixe essa preguiça de lado e leia o livro, ele é muito bom! :D

      Excluir
  7. "Apesar desse livro ser de ficção, o tom escolhido pelo autor (Vikas Swarup, um diplomata indiano) ao narrar a história é bem realístico." Isso foi o que me chamou atenção para esse livro e, para quem sabe, uma possível leitura. Atualmente tenho andado com muito sono (estudar de manhã não está sendo fácil) e nunca mais li nada, então só quando as férias chegarem vou voltar, não só à ler, como também viver. PQP! Eu odeio dormir :'( só queria ficar desperta para viver minha vida (ou conhecer como outras pessoas, povos, vivem) , mas tá difícil

    conclusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vany! Nossa, estudar de manhã é realmente bem puxado! Passei (quase) a minha vida toda estudando nesse horário e posso dizer que é muito difícil! :/ Mas enfim, espero que você consiga ler o livro em algum dia! :)

      Excluir
  8. Olá, Tony.
    Confesso que pelo título e pela capa eu não tive qualquer interesse em ler a obra, mas a sua resenha me chamou a atenção. O fato do protagonista ganhar o leitor fácil me anima um pouco, mas confesso que ainda tenho um pé atrás com a obra.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Te entendo, mas espero que você dê uma chance a obra em breve e assim como eu, adore a leitura! :)

      Excluir
  9. Olá!
    Você também quer ser jornalista? Ando encontrando tantos futuros jornalistas pela blogosfera :') Eu também penso em seguir na carreira, mas a várias outras opções que me cercam e agradam.
    Eu não sabia da existência do livro, sinceramente, cheguei a ver o filme duas vezes. Uma por quanto própria, em casa. E outra na escola, em uma aula de historia.
    Eu poderia dizer que é um dos meus filmes favoritos, mesmo o tendo visto apenas duas vezes, É uma historia cativante. Certos momentos se ri (como o em que colocam pimentas na cueca, não me lembro muito bem do garoto. Como não li, não sei se este momento está presente no livro) e outros quase chorei. Senti raiva pelas más condições em que os habitantes vivem e fiquei encantada com tais belezas que o país apresenta. É um mix de emoções.
    Vou procurar pelo livro, mesmo tendo certeza se chegar a encontra-lo será em uma livraria e não terei dinheiro para compra-lo.

    RAW

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Quero sim! Pois é, eu também conheço alguns blogueiros que querem ser jornalistas! Eu nunca assisti o filme, acredita? Mas o livro é bem assim mesmo, faz a gente sentir um monte de coisa! Ah, essa cena das pimentas na cueca não está no livro! :/
      Espero que em algum dia você possa lê-lo! :)

      Excluir
  10. Nice post. Love it. If you will we can follow each other, just let me know, dear? Follow for Follow? Kiss

    http://mylovelyfashionbih.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi, Mirela! Thank You and yes! I follow back! :)

      Excluir
  11. Oi, Tony!
    Para falar a verdade, eu nunca assisti o filme e não tenho interesse em ler o livro haha Mas já vi algumas resenhas positivas sobre ele. Talvez mais para frente, eu tente ler a obra..
    Adorei a resenha.

    Beijos, Juliana.
    http://afinefrenzzy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana! Tudo bem? Haha te entendo! Mas tente ler o livro mesmo! Ele é muito bom! Fico feliz que você tenha curtido a resenha! :)

      Excluir