Sim, eu sei que fazem 8 meses desde o último post, mas esse foi um ano difícil. Faculdade me consumindo, caos na vida amorosa e a saúde mental mais fragilizada do que nunca. Basicamente só fazia duas coisas quando estava fora da faculdade: jogava lol e ouvia música. Mais nada.

Só que o tempo foi passando e a reta final do ano chegando, daí eu comecei a pensar um pouco em tudo o que aconteceu e como eu estava lidando com tudo e decidi mudar. Eu estava me perdendo e nesses últimos dias de 2019 eu comecei a me reencontrar.

Está sendo muito difícil, mas eu tô tentando recomeçar e o primeiro passo é voltar a escrever aqui. Não prometo nenhuma frequência, mas vou tentar fazer de tudo pra não ser um post novo a cada 8 meses rsrs

Pois bem, essa vai ser uma lista (não ranqueada) dos 25 melhores artistas do ano EM MINHA OPINIÃO. Foram os que mais ouvi, os que mais gostei e os que acredito que foram relevantes no decorrer de 2019. Como é muita gente, não tenho como falar um pouquinho sobre cada um, mas preparei uma playlist (que vocês podem encontrar no final do post) com uma música de cada artista citado. Então bora lá?

1. Dua Lipa 



2. Jonas Brothers



3. Mark Ronson



4. Miley Cyrus



5. The Black Keys


6. Charli XCX



7. TR/ST



8. Lykke Li



9. Avril Lavigne



10. Pabllo Vittar



11. Tiago Iorc



12. Anitta



13. Ariana Grande



14. Taylor Swift



15. Billie Eilish



16. Selena Gomez



17. Foster The People



18. BTS



19. BLACKPINK



20. SUNMI



21. BANKS



22. Lizzo



23. Lana Del Rey



24. ROSALÍA



25. (G)I-DLE




Playlist:



Nos vemos em 2020 ;)



Rosa Clementino Fernandes Bento nasceu em um dia curioso: o dia da mentira. Foi em primeiro de abril de 1938, na Lagoa do Feijão (sítio localizado a 8 minutos de Tangará, no Rio Grande do Norte), que a mulher com nome de flor nasceu. Ariana, traz consigo poucas características do signo visto como o mais esquentado do zodíaco. Rosa emana benevolência e com sua voz mansa, conquista até aqueles com coração duro e cara amarrada. É mãe de doze filhos. Sua caçula é minha mãe.

Eu e minha mãe mantemos uma rotina de ir juntos à casa da minha vó todo dia, às 15h em ponto, mas nessa tarde de domingo foi um pouco diferente. Saí com o intuito de registrar um pouco de sua história para transforma-la em um perfil.

É minha mãe que dá a deixa para eu começar a falar. Ela conta que estou fazendo um trabalho para a faculdade e que queria lhe perguntar algumas coisas. Minha avó se senta em um puff e diz com um sorriso no rosto: "Se eu souber responder, respondo."

Começo com o básico. Perguntando sobre os seus primeiros anos de vida.

Filha de Mariana Clementino de Lima e Martins Bento Fernandes, Rosa trabalhou na agricultura desde cedo. Nunca estudou. Saiu de casa aos 15, com o até então namorado (que também era seu primo legítimo), José Gonzaga Bento. Os dois foram para Santa Cruz e lá se casaram. Um ano depois nasceu a primeira filha do casal.

A trajetória de Rosa e José é repleta de viagens. O casal passou anos e anos se mudando e morando em pequenos sítios no interior do Rio Grande do Norte. A tentativa era a de arrumar uma vida melhor. Foram tempos difíceis. Repletos de trabalho e muito suor. Ela conta que em uma de suas viagens de volta para Lagoa do Feijão (lugar onde ainda mora até hoje), o senhor que trouxe sua família ao olhar para a sua nova casa disse com reprovação: "Morar num lugar desses... Numa casa de taipa, com a porta feita de varas."

Ainda que lembre desse momento com tristeza e que tenha sofrido bastante por causa do trabalho constante, Rosa era feliz e preferia aquela realidade ao invés da atualidade caótica. "Antes era muito mais tranquilo, comparado as coisas de hoje em dia", conta.

"Eu vou já fazer a janta", ela dispara de repente. Percebendo o horário, decido avançar no tempo e fazer minhas últimas perguntas.

Rosa perdeu seu pai e sua mãe respectivamente em 1994 e 2001. Seu marido e grande amor a deixou em 2003. A causa de sua morte foi um infarto fulminante. A maioria de seus filhos vivem em suas próprias casas. Com ela, hoje em dia, moram apenas duas filhas e uma neta.

Os últimos anos têm sido difíceis. Após ter pego a doença Chikungunya, em 2016, a sua saúde ficou fragilizada. Além da hipertensão e da diabetes, Rosa precisa enfrentar as marcas da doença viral. Ela não consegue mais andar como antes. Não sai mais de casa. Com uma voz meio embargada ela conta a falta que sente de andar como outrora: "Eu sinto falta do meu leitinho que ia pegar, das minhas caminhadas... Minhas pernas doem, não posso sair mais".

Após alguns minutos calado, eu pergunto: "Mãe (forma como a chamo), como a senhora se vê daqui a cinco anos?" Ela para um pouco, pensa, manda eu repetir a pergunta e diz: "Viva. Eu penso em viver. Mesmo doente, eu penso em viver. Não penso em morrer não. Tenho fé em Deus que ainda vou viver por muitos anos. Mas é Ele quem sabe. Deus é quem sabe."

E chega a hora da foto.

Vejo minha avó ficar nervosa, mas mando ela ficar tranquila. Ela diz que não tem dentes e não pode sorrir, portanto fica séria. Mesmo com sua postura séria, ela consegue passar sua serenidade. Sua doçura. Eu elogio a foto e a mostro. Ela diz "até que fiquei aprumada" e começa a rir. Mesmo sem dentes, o sorriso dela é um dos mais bonitos e genuínos que já vi.



O post de hoje é bem rapidinho, mas vai ajudar muito quem adora fazer compras na internet com aquele desconto bacana. O site cupomvalido.com.br reúne cupons dos mais variados tipos de um montão de lojas. Você não precisa nem cadastrar nada ou fazer uma conta, é só entrar no site, procurar a loja que quer fazer a compra, escolher o cupom e resgatá-lo. Bem simples, né? Tenho certeza que depois dessa dica suas compras não serão mais as mesmas. Vou deixar o link do site e onde vocês podem encontrá-lo nas redes sociais logo abaixo:

Site: https://www.cupomvalido.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/cupomvalido.com.br/
Twitter: https://twitter.com/cupom_valido

Boas compras ;)