Título: Sete Dias Sem Fim
Título Original: This Is Where I Leave You
Autor: Jonathan Tropper
Ano: 2014
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Sinopse: Judd Foxman pode reclamar de tudo na vida, menos de tédio. Em questão de dias, ele descobriu que a esposa o traía com seu chefe, viu seu casamento ruir e perdeu o emprego. Para completar, seu pai teve a brilhante ideia de morrer.

Embora essa seja uma notícia triste, terrível mesmo é seu último desejo: que a família se reúna e cumpra sete dias de luto, seguindo os preceitos da religião judaica. Então os quatro irmãos, que moram em diversos cantos do país, se juntam à mãe na casa onde cresceram para se submeter a essa cruel tortura.

Para quem aprendeu a vida inteira a reprimir as emoções, um convívio tão longo pode ser enlouquecedor. Com seu desfile de incidentes inusitados e tragicômicos, Sete dias sem fim é o livro mais bem-sucedido de Jonathan Tropper. Uma história hilária e emocionante sobre amor, casamento, divórcio, família e os laços que nos unem – quer gostemos ou não.



Sete Dias Sem Fim” foi uma grata surpresa. Comprei o livro “só por comprar” (tinha um crédito de R$ 20,00 para comprar e-books na Amazon e acabei comprando o livro só para completar os vinte reais) mas acabou que a história me surpreendeu. Jonathan Tropper escreveu uma história hilária, reflexiva e marcante.

"Senti uma profusão de pontadas no estômago, a primeira pista de que a angústia começava a se formar nos recônditos mais sombrios das minhas entranhas. Era só um começo, mas eu já podia sentir o calor intenso subindo para o meu peito como um raio laser concentrado, e logo vi que quando o mundo voltasse a girar, a angústia iria explodir em um lampejo incandescente e me incinerar."

Quando li a sinopse do livro e vi que o grande acontecimento da obra era a morte do pai do protagonista, imaginei que a história seria bem melancólica e depressiva. Ledo engano. “Sete Dias Sem Fim” é um livro extremamente engraçado. O protagonista e os antagonistas são sarcásticos, os acontecimentos da obra são absurdamente hilários e a obra mais diverte do que entristece o leitor.
 

Mas não pensem que o livro só se resume a risadas e a acontecimentos cômicos. Jonathan Tropper nos entrega uma combinação de vários gêneros: Comédia, Romance e Drama. Há uma maior dosagem de comédia, isto é fato, mas os outros dois gêneros também estão presentes na obra. E tudo isso é inserido de uma maneira convincente. Nada é forçado, compreendem? Há os momentos melancólicos, os açucarados, os reflexivos e os engraçados. Tudo inserido na hora certa, o que acaba tornando a leitura do livro prazerosa.

''Então todos pararam de gritar e seguiu-se um daqueles momentos de silêncio mortal em que você simplesmente fica parado sentindo o planeta girar debaixo dos seus pés até perder o equilíbrio.''

Tropper é um excelente contador de histórias e um exímio construtor de personagens. Uma coisa que chamou bastante a minha atenção no livro foi o fato de os personagens parecerem bem reais. Todos têm suas características e personalidades bem definidas e uma bagagem de histórias para contar muito cheia.

"A infância parece algo muito permanente, como se fosse o mundo todo, e então um dia essa fase acaba e você se vê jogando terra em cima do caixão do seu pai, pasmo diante da efemeridade de tudo."

O que noto em alguns dos livros que leio é que os autores pouco se importam em contar histórias dos passados dos personagens. Sabemos uma coisa aqui, outra acolá, mas tudo em uma dose mínima.

Felizmente em “Sete Dias Sem Fim”, Jonathan Tropper nos entrega várias e várias histórias dos passados dos seus personagens (tantos os que aparecem muito quanto os que aparecem em vezes contadas na obra). Isso foi incrível, pois fez com que os personagens se tornassem bem verídicos e reais.

"Na minha família, não temos o hábito de pôr para fora nossas mágoas, apenas chafurdamos nelas. Ódio e ressentimento são cumulativos."

Por falar em personagens, devo dizer que os desse livro são bem cativantes. São personagens bem distintos, sarcásticos, liberais e por vezes, politicamente incorretos, mas conseguem conquistar o leitor. Faço menção ao protagonista, Judd, que foi uma companhia extremamente agradável. Adorei o personagem e torci muito por ele durante a minha leitura do livro.

Personagens como Phillip, Wendy e Penny  também merecem destaque, pois de um modo ou de outro, acabaram me agradando, conquistando e divertindo. Também destaco a matriarca da família Foxman, Hillary, que sempre rouba a cena com o seu modo liberal e um tanto estranho de tratar seus filhos.

" A gente aprende a não pensar no que poderia ter sido e a simplesmente agradecer pelo que tem."

A única coisa que eu achei que ia me incomodar, mas acabei adorando, foi o final do livro. Pelo jeito que Tropper estava conduzindo a história, eu achava que o autor ia fazer com que o Judd ficasse com uma determinada personagem (no livro, o Judd tem dois interesses amorosos, e eu jurava que o personagem ia ficar com a mulher que eu detesto, ao invés da que eu adoro), e se ele fizesse isso, só para constar: eu ia odiar o final da obra, mas sabem o que o autor fez? Deu um final “em aberto” para o livro. Eu adorei isso, sabem por quê? Porque o autor deixou um final livre para nós leitores, pensarmos o que quisermos. Posso imaginar que o Judd ficou com a mulher que eu queria, você pode pensar que ele ficou com a outra, ou podemos pensar que ele ficou sozinho. Enfim, cada um imagina o que quiser e não há confusão. Bacana, não é?

" É difícil encontrar pessoas do passado quando o presente está tão catastrófico."

Em suma, “Sete Dias Sem Fim” foi um livro que me agradou em todos os aspectos possíveis. A trama é boa, os personagens são cativantes, e o final não deixa a desejar. Se você procura por uma história divertida, emocionante e reflexiva, “Sete Dias Sem Fim” será a escolha ideal.

"Eu simplesmente tinha esquecido. Aquele tipo de esquecimento que só é possível nos sonhos. Aquele tipo de esquecimento que a gente bem gostaria que fosse possível na vida real, mas que, claro, não é. Na vida real, não temos escolha quanto ao que esquecer."

Nota: 5 de 5 estrelas

Outros quotes: 

"Pensamos nos nossos filhos, na nossa falta de filhos, nas finanças e nos noivos e nas futuras ex-esposas, no sexo que não estamos fazendo, no sexo que nossas futuras ex-esposas estão fazendo, em solidão e amor e morte e em papai, e nessa multidão constante que é como neblina numa estrada escura: só nos resta continuar dirigindo e vê-la se dissipar sob o farol baixo." 

" Não tem história. Não houve nenhum acontecimento traumático que eu possa culpar pela minha vidinha medíocre. Nada de catástrofe, nada de divórcio. Vários homens ruins, mas vários bons também, que simplesmente acabaram não me querendo. Tentei me tornar alguma coisa e fracassei. Isso também acontece todo dia."

"Nossas mentes, sendo isentas da censura da culpa ou da vergonha, são egoístas e más, e a maioria de nossos pensamentos, em qualquer momento, não serve para o consumo público porque ou seria ofensiva ou apenas nos faria parecer os sacanas egoístas e maus que somos. Não partilhamos nossos pensamentos, apenas versões cuidadosamente editadas, suavizadas, adaptações hollywoodianas desses pensamentos para o público abaixo de 14 anos."

"Se não estivéssemos num beco sem saída, eu provavelmente continuaria dirigindo sem parar diz Phillip. Sei como é, maninho. Mas os problemas iriam atrás de você."

"Nunca se sabe quando há de ser a última vez que veremos nosso pai, ou beijaremos nossa esposa, ou brincaremos com nosso irmãozinho, mas sempre há uma última vez. Se conseguíssemos nos lembrar de todas as últimas vezes, jamais pararíamos de sofrer."

"Dá para sentar aqui em cima, sentindo-se acima de tudo embora ciente de que isso não é real, e chegar à triste conclusão de que a única coisa que é possível saber sobre as pessoas é que você não sabe absolutamente nada sobre elas."

"A única coisa mais dolorosa do que não saber seria saber."

"É triste o momento em que nos damos conta de como somos substituíveis."

" Surreal é a minha nova realidade."

"Mesmo na melhor das circunstâncias, existe algo extremamente trágico no fato de se virar adulto."

"A vida é isso aí: tudo parece muito permanente, mas podemos desaparecer de um instante para o outro."

"Passamos a vida toda dispostos a matar por uma garota que olhe para nós desse jeito. Então a encontramos, mas alguma coisa dentro de nós não reage , e então nos damos conta de que somos tão incapazes de entender a nós mesmos quanto de entendermos os outros."

"Às vezes, satisfação é uma questão de força de vontade. Precisamos ver o que temos diante do nariz, o que isso pode vir a se tornar, e parar de comparar com o que perdemos. Sei que isso é sábio e verdadeiro, assim como sei que praticamente ninguém consegue colocar em prática."

"Olho para ela, tentando entender o que existe nessa mulher que me faz querer lhe dedicar minha vida e ao mesmo tempo correr dela o mais rápido possível."

"Vivo em universos separados e não faço ideia de a qual deles realmente pertenço."

"A vida pode ser fantástica, mas também pode mudar completamente num piscar de olhos."

"Todos começamos tão confiantes, achando que temos o mundo na palma da mão. Se pararmos para pensar no número infinito de situações que podem nos fazer desmontar, jamais sairemos do nosso quarto."

"Ela só pode estar brincando, porque Alice, meu bem, eu iria até os confins da terra, daria meu braço direito, só para conseguir encontrar uma única coisa que eu conseguisse entender."

"As pessoas mudam. Não com muita frequência, e quase sempre não para melhor, mas acontece."

"Ela ri de um jeito musical, como o ressoar de sininhos; o tipo de riso que é capaz de fazer um homem se sentir um pouco mais inteiro."


PS: Perceberam que o livro tem uma quantidade absurda de quotes bacanas? Isso foi algo que me surpreendeu positivamente. É muito bom encontrar um livro com tantas frases legais e marcantes! <3
PS1: A resenha não tem nenhuma foto da obra resenhada porque li em e-book... 
PS2: ... Esse também foi o motivo de eu não ter soltado nenhum comentário a respeito da edição do livro.

42 Comentários

  1. Já amei o livro pela sinopse. Muitos, muitos, muitos quotes. Tô precisando de um livro assim urgente.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Moises! Pois é, são muuuuitos quotes! E a leitura do livro é maravilhosa! <3 Vale a pena ler o livro, pode crer! :)

      Excluir
  2. Oi Tony!
    Já vi algumas indicações deste livro e gostei muito da sua resenha. Só de saber que cada personagem tem suas próprias histórias faz com que eu queira ler, gosto muito disso! :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Participe do sorteio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniela! Somos dois então, pois eu gosto muito disso! E no livro todos os personagens têm suas próprias histórias, acho que você vai curtir a obra! :)

      Excluir
  3. Não conhecia o livro mas fiquei bem curioso devido a premissa e aos incríveis quotes. Na página inicial eu achei que se tratava de um filme hahaha mas depois vi que era um livro.
    Ótima dica!

    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Filipe! O livro é muuuuito bom, vale a pena lê-lo! Acho que é por causa da capa filme do livro, né? rs

      Excluir
  4. Oláá´!!

    Eu lembro que queria muito esse livro porque eu gosto muito desse ator que está na capa hahaha. Bobeira eu sei, mas daí eu comecei a ver diversas resenhas e fiquei muito mais curiosa com o enredo.

    Realmente, os quotes são maravilhosos gente *O* fiquei bem mais afim de ler agora.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Hahaha, que nada, não é bobeira não! rs O livro é muuuuito bom e possuí vários quotes legais. É uma leitura muito agradável e prazerosa! :)

      Excluir
  5. Olá Tony.
    Eu imaginava esse livro mais como um drama também. Gostei de saber que puxa mais para o engraçado. Adoro livros que me façam rir, ultimamente tenho dado preferencia para livros assim. E também gostei de saber que o final é aberto. São poucos os autores que tem coragem para isso.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Eu achava que o livro era assim, mas me surpreendi! Ri horrores lendo ele! rsrs Pois é, e o final é muito bom. Pode crer! :)

      Excluir
  6. Oi Tony tudo ótimo?
    Estava com vontade de ler um livro assim,que cada personagem tem sua própria história e pelo fato de ser um livro engraçado,que me faça rir muito.
    Adoro quando o livro tem vários quotes super legais,até porque me decepciono quando leio um livro e não tem nenhuma frase legal ou marcante.
    Simplesmente adorei a resenha,como todas as outras aqui no blog!
    Esse livro vai para minha listinha(que é enorme rsrs)
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erika! Sim, tudo ótimo e contigo? Se você está procurando por um livro assim, vai adorar Sete Dias Sem Fim! O livro me fez dar boas risadas! rs E esse tem quotes de sobra, né? rsrs
      Fico feliz que você tenha curtido a resenha! :)

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas achei o enredo bem interessante, e ótimo para dar boas risadas! rsrsrs. Parabéns pela resenha, bem escrita e detalhada.

    Beijos, And!

    Blog Cantinho da And

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andresa! Tudo bem sim e contigo? Sim, o livro é ótimo para dar boas risadas! :) Muito obrigado! <3

      Excluir
  8. Oee! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que fiquei tentada a ler. Eu adoro quando compro livros sem pretensão nenhuma e acabo me surpreendendo! E os quotes são muito bons, realmente esse livro chamou minha atenção! E é sempre bom quando um livro tem a dose certa de comédia & tragédia. Um beijoo

    http://olivroemquehabito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Eu também adoro quando acontece isso, e esse livro em questão me surpreendeu muuuuito! *-* Eu adorei esses quotes! <3 Espero que você possa ler a obra em breve! :)

      Excluir
  9. Oi Tony! Confesso que só pelos quotes fiquei com vontade de ler o livro. Realmente tem ótimos quotes. rs E adorei o fato de ter vários gêneros misturados em apenas um livro, dá pra sentir várias emoções! Fiquei com vontade de ler, acho que vou comprar. :) Valeu pela resenha. :D

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathalia! Os quotes são incríveis, né? *-* Leia o livro mesmo, acho que você vai gostar da obra! :)

      Excluir
  10. Oi Tony!
    O livro parece ser ótima, adorei a sinopse e sempre vejo comentários legais quanto a esse autor, espero gostar!
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme! O livro é muito bom! Espero que você possa lê-lo em breve! :)

      Excluir
  11. Oi Tony, tudo bem?
    Bom, esse livro não me atrai, mas você não é o primeiro a falar que ele surpreende.
    Gosto de história reflexivas e cativantes, então mesmo com toda essa minha relutância pode ser que eu dê a chance a leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paty! Tudo ótimo e contigo? Espero que você acabe dando uma chance para a obra mesmo! :)

      Excluir
  12. Olá, tinha muita vontade de ler este livro. Mas ele foi ficando pra trás na minha lista. AUSHUA Não sei porquê. Sua resenha me despertou a vontade de lê-lo novamente..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rebeca! Espero que você acabe lendo o livro futuramente! :)

      Excluir
  13. Oi Tony!
    Eu sempre vejo esse livro em sites, mas não sabia que seria tão bom assim.
    Acho que eu também me surpreenderia ao lê-lo. Vou deixar anotado aqui.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! Anote mesmo e leia o livro, acho que você vai adorar Sete Dias Sem Fim! :)

      Excluir
  14. Olá, Tony.
    Já tenho um interesse por ler algo do autor de um tempão, mas ainda não o fiz...
    Gosto da propostas que não só esse, mas outros livros dele possuem de trazer as percepções de um homem sobre amor e coisas mais presentes no cotidiano. Diferente de muitos livros, este traz à tona homens comuns e com sentimentos... Enfim, até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato! Eu também adorei essa proposta! Pelo que vi, todos os livros do Jonathan Tropper são assim, então fico bem animado para ler mais e mais livros do autor! :)

      Excluir
  15. Era bom se isso acontecesse sempre, né? Arriscar num livro sem grandes expectativas e acabar se surpreendendo desse jeito. Adorei a resenha, você apresentou bem os pontos que tornam a história divertida e reflexiva ao mesmo tempo, mas ainda assim acho que não é o tipo de história que me agradaria muito :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "No Mundo da Luna" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Sim, era muito bom que isso acontecesse sempre! Fico feliz que você tenha curtido a resenha! :)

      Excluir
  16. Não conheço esse livro acredita, gostos de lirvros assim , são beem "impactantes" minhas gírias kkk, já comprei um livro so porque gostei da capa e me surpreendi kk ,gostei muito do livro foi " A Seleção", hoje em dia e muuuito famoso mais faz anos que tenho ele e quando lanço não era muito famoso, comprei só por comprar e foi muito boom!
    Beijooos, vou anotar na minha listinha de livros!
    http://onlypoison1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria! Gosto muito quando sou surpreendido por um livro! :) Espero que você leia e goste do livro!

      Excluir
  17. Tony, eu adoro suas resenhas. Seu poder de convencimento é incrível! Se fosse só pela sinopse eu n pegaria esse livro pra ler, tbm n conheço o escritor. Mas gostei de muitas coisas q vc disse na resenha, a comédia, os personagens bem construídos, quotes... Me interessei! Haha
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Ahh fico feliz em saber que você curte as minhas resenhas! :) Espero que você leia e goste de Sete Dias Sem Fim! *-*

      Excluir
  18. Olá, Tony.
    Esse livro é mesmo incrível, eu li e simplesmente adorei, agora já quero conhecer mais obras do autor. A verdade é que ele escreve muito bem, dosa o humor da maneira correta e cria situações ótimas em cima dos personagens.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Muito bom encontrar alguém que também curtiu Sete Dias Sem Fim! :)

      Excluir
  19. Oi, Tony! Confesso que já tinha assistido ao trailer do filme, que foi lançado ano passado, e estava bem ansiosa pra assistir, mas nunca iria imaginar que foi baseado em um livro - e que ele fosse tão bom! Adorei a resenha, que, como sempre, falou por si só. Além disso, realmente o livro é recheado de quotes deliciosos!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guta! Pois é, o filme foi baseado nesse livro! Fico feliz que você tenha curtido a resenha e espero que você possa ler Sete Dias Sem Fim em breve! :)

      Excluir
  20. Ok, Tony fui convencido. Gostei viu, parece um ótimo livro a ser lido.
    COmprei "Como falar com um viúvo" recentemente, do mesmo autor, e agora me sinto mais confiante para ler. Pelos quotes gostei da maneira que ele narra.

    Mais uma resenha ótima!
    Abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego! Eba, que bom que te convenci! hehe Espero que você possa ler e gostar de Sete Dias Sem Fim! *-*
      Ah, eu sempre vejo o pessoal falando coisas boas sobre Como Falar Com Um Viúvo. Acho que o livro também é muuuito bom! :)

      Excluir
  21. É tão bom quando a gente pega um livro, de uma maneira despretensiosa e acaba curtindo bastante a leitura, né?
    Eu já tinha visto alguns comentários sobre esse livro, mas nunca tinha chegado a ler nenhuma resenha. Adorei! Os quotes são bem legais, mesmo.
    E eu tenho uma quedinha por livros com personagens bem constuídos. A história pode nem ser tudo aquilo, mas se os personagens te envolvem nas vidas deles, o livro me ganha.
    Vai pra listinha de próximas leituras, certeza.
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice? - www.oquedissealice.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, MaH! Sim, é muito bom quando acontece isso! :) Então acho que você vai adorar Sete Dias Sem Fim, pois os personagens do livro são extremamente bem construídos! :)

      Excluir