Título: Sejamos Todos Feministas
Autora: Chimamanda Ngozi Adichie
Ano: 2015
Páginas: 64
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Chimamanda Ngozi Adichie ainda se lembra exatamente do dia em que a chamaram de feminista pela primeira vez. Foi durante uma discussão com seu amigo de infância Okoloma. “Não era um elogio. Percebi pelo tom da voz dele; era como se dissesse: ‘Você apoia o terrorismo!’”. Apesar do tom de desaprovação de Okoloma, Adichie abraçou o termo e começou a se intitular uma “feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens”. Sejamos todos feministas é uma adaptação do discurso feito pela autora no TEDx Euston, que conta com mais de 1,5 milhão de visualizações e foi musicado por Beyoncé. 

*Exemplar cedido pela editora

Em comemoração ao mês das mulheres (março) a Companhia das Letras enviou para todos os seus parceiros um exemplar do livro "Sejamos Todos Feministas", de Chimamanda Ngozi Adichie. O livro é uma adaptação do discurso que a autora fez no TEDx Euston.

Em menos de sessenta páginas, Chimamanda desmistifica algumas coisas a respeito do feminismo, faz analogias a respeito da forma como os homens e as mulheres são tratados pela sociedade e ainda dá relatos pessoais onde foi descriminada por ser feminista.

Devo dizer que enquanto lia esta breve obra, ia ficando cada vez mais abismado ao perceber como as mulheres são inferiorizadas em nossa sociedade. Não pensem que sou um tapado que não vê as coisas que acontecem a minha volta, ok? Mas de tanto presenciar atitudes machistas e vê as mulheres sendo tratadas de forma diferente em relação ao como os homens são tratados, ia me acostumando com aquilo e até achando "normal". É comum, muitas vezes, ficarmos presos ao comodismo. Não questionar coisas erradas por elas sempre acontecerem e achar que mesmo se as questionarmos, elas não mudarão. E foi devido a esse meu comodismo, que a leitura de "Sejamos Todos Feministas" foi tão rica e libertadora para mim. Finalmente abri meus olhos, parei para pensar e disse: "Ei, realmente há um enorme problema de gênero, e é preciso mudar isso".

Sim, agora sou feminista e não sinto nenhum problema ou constrangimento em dizer isso. Chimamanda diz que feminista é aquela pessoa que diz: "Sim, existe um problema de gênero ainda hoje e temos que resolvê-lo, temos que melhorar" e eu agora, após finalmente ter percebido que tal problema existe (de forma gritante) no mundo inteiro, tentarei de fato fazer o possível para ajudar a mudar essa situação.

"Sejamos Todos Feministas" é uma leitura obrigatória para todos aqueles que tapam os olhos e fingem não perceber as injustiças feitas todos os dias à centenas e milhares de mulheres. Uma obra que deve ser lida por a maior quantidade de pessoas possível. Só acho que mais pessoas deveriam fazer como a editora, e sair distribuindo e repassando as palavras fortes e inspiradoras ditas por Adichie. Ainda são muitos os que "não estão nem aí" para a causa, mas se disseminarmos o que a autora nos disse por aí, logo mais e mais pessoas passarão a abrir seus olhos e a também lutar por esse propósito. É como aquele ditado ("De grão em grão a galinha enche o papo"), certo? Tenho fé que um dia todos nós seremos feministas.

(Apenas um parênteses: é interessante ver a autora também abordando o preconceito que muitos homens também sofrem. Não sei se vocês percebem, mas desde muito cedo, é esperado de nós homens um comportamento muito específico: ser forte, nunca chorar ou mostrar fraqueza, e sempre que possível dar provas de que comprovem nossa masculinidade. Achar normal toda essa pressão pela qual passamos é tão pior quanto fingir que não ver as mulheres sendo menosprezadas todos os dias. Chimamanda dá ênfase a isso em muitas passagens de seu livro e seria legal que as pessoas também passassem a refletir sobre isso...)

Nota: 

 


Quotes:

"Estou com raiva. Devemos ter raiva. Ao longo da história, muitas mudanças positivas só aconteceram por causa da raiva. Além da raiva, também tenho esperança, porque acredito profundamente na capacidade de os seres humanos evoluírem." - página 24 

"Como a questão de gênero incomoda, as pessoas recorrem a vários argumentos para cortar a conversa. Algumas lançam mão da biologia evolutiva dos macacos, lembrando como as fêmeas, por exemplo, se curvam perante os machos. Mas a questão é a seguinte: nós não somos macacos. Macacos vivem em árvores e comem minhocas. Nós, não." - páginas 44 e 45 

"A cultura não faz as pessoas. As pessoas fazem a cultura. Se uma humanidade inteira de mulheres não faz parte da nossa cultura, então temos que mudar nossa cultura." - página 48

"A meu ver, feminista é o homem ou a mulher que diz: “Sim, existe um problema de gênero ainda hoje e temos que resolvê-lo, temos que melhorar”. Todos nós, mulheres e homens, temos que melhorar." - página 50

32 Comentários

  1. Acredito que existem livros que deveria ser regras nas escolas, para começar desde cedo mudando nossa mente pequena né.
    Vou procurar mais sobre esse livro, sua resenha me chamou atenção Tony.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! Exatamente, também penso assim...

      Excluir
  2. Oi!!

    Eu li esse livro quando ele estava de graça na Amazon.
    Muuito bom esse livro. Aliás eu estou pensando em ler de novo, porque já faz um tempo e eu esqueci um pouco haha
    Mas achei super legal você ter resenhado ele aqui!

    ps: te indiquei em uma tag no blog! ^^

    Beijoo

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíssa! O livro é muito bom, né? :)

      Opa, obrigado pela indicação! <3

      Excluir
  3. Oie...
    Acho bem legal a editora enviar livros assim, pois, nós mulheres sofremos muitos preconceitos e ainda somos tratadas com inferioridade em relação aos homens.
    Espero que esse livro conscientize muitas pessoas :)
    Bela postagem.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane. Foi bem legal a iniciativa da editora, né? Também espero isso.

      Excluir
  4. Vou escrever o comentário e sair correndo pra achar um jeito de ler esse livro. Primeiro porque é da Chimamanda e, mesmo sem ter lido nada dela até agora, eu só ouço falar bem dessa mulher. E ela é africana! Que orgulho, senhor! Claro que quero ler também devido ao assunto. É incrível como que as pessoas acham que feminismo é achar que a mulher é MELHOR que o homem, sendo que nós só lutamos para que a mulher seja tratada e levada em consideração da mesma forma que o homem. Igualidade. Passamos tanto tempo sendo inferiorizadas que é até difícil para algumas mulheres aceitaram e enxergarem que existe uma diferença de tratamento entre os gêneros.

    Muito obrigada por essa resenha linda que me apresentou esse livro!
    http://aquelaborralheira.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jana! Ah, que bacana saber que você se interessou pelo livro. Ele é ótimo! <3 Nele, a Chimamanda explica bem direitinho o que realmente é o feminismo! Acho que você vai adorar "Sejamos Todos Feministas".

      De nada! ;)

      Excluir
  5. Olá, Tony.
    Eu preciso ler esse livro. Assim como você me pego achando normal algumas atitudes. porque de tanto a gente ver acaba acostumando e achando que é assim mesmo. Assim que der eu vou ler ele. Excelente resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! É exatamente assim... Espero que você leia o livro em breve e goste dele tanto quanto eu gostei! :)

      Excluir
  6. Olá, Tony, tudo bem?

    Também recebi dois exemplares sobre o feminismo da editora, o da Babi souza, e a leitura mexeu bastante comigo, realmente até eu mesma sendo mulher as vezes não percebo todos os erros que sociedade comete, quando iniciei a leitura eu mesmo fiquei chocada com algumas coisas,como você mesmo disse nos nus acostumamos com certos atos, adorei a resenha.

    Beijinhos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ingrid! Tudo ótimo e contigo? Livros assim acabam mexendo bastante conosco, né? Fico feliz em saber que você curtiu a resenha! :)

      Excluir
  7. Oi Tony!
    ADOREI esse livro.
    Não conhecia, mas sou uma defensora do feminismo, então já viu que quero ler né?
    Precisamos de mais livros assim!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale! Espero que você o leia em breve. E sim, realmente precisamos de mais livros assim!

      Excluir
  8. Oi Tony, tudo bem?
    Esse livro é curto, mas tem conteúdo. Notei que é um livro que vem sendo muito divulgado ultimamente.
    É claro que quero ler, não só pela proposta, mas pra conhecer Chimamanda, que é super elogiada.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paty! Tudo ótimo e contigo? Exatamente, ele tem muito conteúdo! Espero que você possa lê-lo em breve.

      Excluir
  9. Oi, Tony!
    Esse livro circula na lista dos desejados desde o lançamento.
    É ótimo ver livros sobre feminismo tomando mais espaço e iluminando as pessoas que acham que é só um movimento qualquer.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! Verdade, é ótimo ver isso mesmo! :)

      Excluir
  10. Oi Tony
    Ainda não tinha visto este livro, mas adoreii a temática. Fiquei com vontade de ler... essa livros deveria ser leitura obrigatória, pq olha existe muita injustiça por aí.
    Gostei do parêntese, muito boa sua coloção, pq as vezes pensamos só no feminismo e esquecemos que os homens também sofrem preconceito. Adoreiii o post.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa! Exatamente, devia ser leitura obrigatória mesmo! Que bom que curtiu minha colocação e o post! :)

      Excluir
  11. Amei a resenha, parece ser um bom livro. Acho que o estilo não me agrada tanto, mas posso tentar!
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu a resenha, Michael! :)

      Excluir
  12. Gostei do que foi apontado nos parênteses, Tony. É importante ressaltar esse tipo de coisa também, afinal, igualdade dá direitos à todos. :D beijos
    Conheça o blog novo: leituradastres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oii Tony, tudo bom?
    Já li esse livro faz algum tempo e ainda não fiz uma resenha porque ainda não consegui pôr em palavras tudo o que senti ao lê-lo. Acho que, as vezes, o problema não é tanto pessoas leigas (se bem que também são um grande problema), mas outras que simplesmente acredita que tudo está bom e que nada precisa ser mudado. Nossa, cansei de ver discursos de ódio no facebook vinda tanto de homens quanto de mulheres contra feministas.
    Eu, sinceramente, sempre fico muito feliz quando meus sites ou canais de youtube começam a fazer posts baseados nisso <3 Amei esse post e achei que você conseguiu transmitir tudo o que esse livro maravilhoso fala
    Estante de uma Fangirl
    Resenha Atual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani! Tudo ótimo e contigo? Verdade, tem um monte de gente que é assim mesmo. Ah, fico mega feliz em saber que você curtiu o post! :)

      Excluir
  14. Olá Lucas!

    O que mais gosto neste livro é justamente essa simplicidade direta com a qual a autora fala da questão. Sem máscaras, ser enfeitar. Indo direto ao ponto, é mais fácil entender a causa, né? Mas olha, é espantoso, até para as mulheres, entrar em contato com um machismo tão forte, enraizado culturalmente, como o que ela expõe.

    Bj

    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Krisna! Sim, é realmente mais fácil. E concordo contigo sobre esse espanto!

      Excluir
  15. Olá, Tony!
    Que livro maravilhoso! Com um tema super atual e importante. Devia ser leitura obrigatória para todos. Sou feminista e espero que essa desigualdade um dia acabe! Amei sua resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nath! Exatamente. O livro realmente devia ser leitura obrigatória para todos. Ah, fico feliz em saber disso! :)

      Excluir
  16. Oi, Tony! Esse livro é simplesmente incrível, conheci a Chimamanda através dele e me apaixonei pelo seu trabalho. Deveria ser uma leitura obrigatória nas escolas. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi! Esse também foi o meu primeiro contato com a Chimamanda e posso garantir que a partir de agora, vou ler tudo que ela escrever! :)

      Excluir