Título: Na Estrada Jellicoe
Título Original: On the Jellicoe Road
Autora: Melina Marchetta
Ano: 2016
Páginas: 296
Editora: Seguinte
Sinopse: A pequena cidade de Jellicoe, na Austrália, vive uma guerra territorial travada entre três grupos: os estudantes do internato, os adolescentes da cidade e os alunos de uma escola militar que acampa na região uma vez por ano. Taylor é líder de um dos dormitórios do internato e foi escolhida para representar seus colegas nessa disputa.

Mas a garota não precisa apenas liderar negociações: ela vai ter que enfrentar seu passado misterioso e criar coragem para finalmente tentar compreender por que foi abandonada pela mãe na estrada Jellicoe quando era criança. Hannah, a única adulta em quem Taylor confia e que poderia ajudar, desaparece repentinamente e a pista sobre seu paradeiro é um manuscrito que narra a história de cinco crianças que viveram em Jellicoe dezoito anos atrás

*Exemplar cedido pela editora

"Na Estrada Jellicoe" é a prova viva de que nunca é bom começar a ler um livro com muita sede ao pote. Devido a obra ter sido altamente recomendada por Diana (responsável pela parceria com a Companhia das Letras) comecei a lê-la com as expectativas lá em cima e infelizmente elas não foram correspondidas.


O principal problema da obra está na forma como Melina Marchetta resolveu conta-la: entregando pouquíssimas informações à cerca de tudo e de todos. A autora não está nem um pouco preocupada em situar o leitor na sua história. Simplesmente nos joga na vida conturbada e envolta de mistérios de Taylor Markham; nas guerras territoriais entre os estudantes do internato, citadinos e cadetes e nas vidas de cinco jovens (Webb, Narnie, Tate, Fitz e Jude) que viveram anos atrás em Jellicoe. Ela nos coloca diante de tantos personagens e tramas complexas e mal se preocupa em estabelecer uma ligação entre tudo e todos. Por durante boa parte do livro vamos lendo as duas narrativas (a em primeira pessoa narrada por Taylor e a em terceira narrando a vida dos cinco jovens) bem distintas e se perguntando: "O que raios uma coisa tem a ver com outra?" Marchetta enrola horrores para responder isso, mas responde. Contudo, toda a enrolação já havia me irritado ao ponto de querer abandonar o livro e ainda sim notei algumas pontas soltas aqui e acolá.

"Existe alguma coisa naquele menino que faz eu me sentir bem. Sentir bem. Bem sentir. Expressão estranha, mas, tirando a semântica, está pau a pau com consolo." - página 9

O ritmo do livro é bem lento e melancólico. Mesmo a escrita da autora sendo gostosa, me via vez ou outra cochilando enquanto lia as passagens da obra. Entretanto, tenho que elogiar a construção da ambientação da história que é única e marcante. Apesar das poucas descrições, conseguia facilmente ser transportado para os ambientes da trama e me ver na estrada Jellicoe, na Árvore da Oração e entre outros lugares.

"(...) Mas, ultimamente, não estou procurando muito por continuidade.
Só estou procurando algo que faça sentido para mim." - página 52

Os personagens, ditos como complexos na contracapa, também não me cativaram. A protagonista, Taylor, é bem apática e possui uma postura que me irritou bastante. Até entendo que a mesma age assim devido aos seus fantasmas e traumas do passado, mas não consegui me comover com a moça ou me apegar a ela. Dos outros, os únicos que consegui gostar um pouquinho foram: Ben, Raffy e Chaz.

Saindo dos detalhes internos do livro e focando em sua parte externa, temos sua edição, que é excelente. A capa combina perfeitamente com a história e tem um acabamento impecável. A diagramação, tradução e revisão também estão ótimas.

"É engraçado como esquecemos tudo, menos de sermos amados." - página 183

Tirando o embaraço e incômodo por qual passei durante minha experiência com ele, "Na Estrada Jellicoe" é um bom livro. Há alguns momentos bem fortes e dramáticos que conseguem nos tocar e até emocionar. Para quem está sem grandes expectativas em relação a obra? Um excelente livro. Para quem está com a expectativa na estratosfera? Um bom livro e só.


Nota:

48 Comentários

  1. Oi, Ton!
    Já conversamos sobre o livro, então já sabe que temos opiniões totalmente distintas pela primeira vez (rs ). Não houve preocupação por parte da autora porque ela simplesmente quis construir a narrativa assim para alimentar o mistério e com a minha leitura isso serviu perfeitamente porque eu me vi querendo descobrir tudo de uma vez e vi. Há mais nas entrelinhas do que você pode imaginar.

    Abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Di! Sim! Pois é rs Eu consegui entender que a intenção da autora em fazer isso foi essa, mas não curti. E essa "tática" só prejudicou minha experiência com a obra...

      Excluir
  2. Oi Tony,
    Não sei se leria esse livro por agora, tenho outros que chamam mais a atenção e que estão atrasados, sabe como é né?
    Mas a capa me atraiu. Vou deixar anotado para não esquecer, pelo menos.
    Ah, e já vamos nos preparar porque Scream Queens já já estreia! Você viu os novos atores?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale! Deixe sim. Já estou preparadíssimo! Vi sim e adorei as adições ao elenco! :)

      Excluir
  3. Oi, Tony!

    É péssimo esperar muito de um livro e se decepcionar depois. Isso aconteceu comigo quando eu li "Por isso a gente acabou". Porém, que bom que você conseguiu encontrar pontos positivos na leitura. Se eu for ler este livro, o farei sem expectativas. :)
    Ótima resenha!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafaela! Faça isso mesmo! Será melhor. Obrigado! ^^

      Excluir
  4. Oi, Tony.
    Uma pena que você tenha ido com tanta sede ao pote e não tenha sido tão satisfatória a leitura como você imaginou.
    Eu acho que entendo a autora, sabe? Nem sempre os mistérios são revelados justamente para dar margem para nós interpretarmos nas entrelinhas. Não sei se esse foi o caso porque ainda não tive a oportunidade de ler o livro.
    Mas espero fazer isso em breve.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br - Escolha o livro do Top comentarista e participe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty! Eu também entendo ela, mas infelizmente não comprei tudo aquilo, sabe?

      Excluir
  5. Oi Tony!
    Somos dois decepcionados! Eu também não tive uma boa experiência com esse livro. O fato de a autora nos jogar na história sem muitas explicações não me incomodou (até gosto disso), as duas narrativas também não me incomodaram porque eu tinha meus palpites e imaginei que eventualmente tudo se encaixaria, mas achei tudo forçado demais, sabe? Parece que todos os acontecimentos foram criados para desempenhar um papel na história que viesse a cativar ou a emocionar o leitor e no fim perdeu esse efeito justamente porque pareceu mecânico, sabe? Mas vários blogueiros amaram, né? Eu li várias resenhas positivas...
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! Sei sim. Além de tudo isso ter me incomodado também tive essa sensação de tudo ser forçado... :S Também vi isso. Me senti o "diferentão" por não ter gostado tanto do livro! rs

      Excluir
  6. Oi, tudo bem? Olha, eu realmente não me interesso por esse tipo de livro. Mais adorei sua opinião e isso é muito comum, se decepcionar com os livros.

    www.robsonvascovith.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Robson! Tudo sim e contigo? Que bom que gostou da minha opinião! :)

      Excluir
  7. Que pena que vc não curtiu tanto, Tony!
    Acho esta capa linda, mas não me interessei muito em lê-lo não.
    Tua resenha ficou ótima e bem esclarecedora.
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Tony.
    Essas benditas expectativas sempre atrapalham nossa vida. Dizem que seriamos felizes o tempo todo sem elas hehe. Mas fazer o que. Já aconteceu comigo algumas vezes e uma que foi assim bem marcante foi em A culpa é das estrelas. Eu quase larguei o livro e todo mundo amou. Eu tenho vontade de ler ele, mas agora sabendo como o enredo é desenvolvido, não sei se lerei tão já.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Né? rsrs Eu não amei ACEDE, mas gostei haha

      Excluir
  9. Oiii Tony

    Já tento ler qualquer livro sem expectativa. Não adianta, se a gente esperar demais a chance de não ser tudo aquilo é muito grande. Ate acho a história bem interessante, a autora é bem reconhecida e elogiada, porém esse não é um livro que eu leria agora.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  10. Olá Tony! Não conhecia a obra, mas não é exatamente um gênero que me atraia. Uma pena você ter se decepcionado em alguns pontos com o livro. Ótima Resenha! :)

    Jéssica Patrício - pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tony!
    Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro sem a enxurrada de elogios, rs. Lembro que você comentou, ao longo da leitura, como esse livro está lento e isso é uma pena. É claro que fiquei curiosa para ler depois das várias resenhas positivas que vi, mas agora não vou alimentar tantas expectativas..
    Ótima resenha!
    Abraços,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bah! Faça isso mesmo, porque senão corre o risco de você também se decepcionar rs

      Excluir
  12. Olaá Tony
    Quando li a premissa desse livro eu tva muitoooo ansiosa para adquiri-lo, porém agora já sei que essa leitura não me agradaria...
    100or, malditas expectativas elevadas ao cubo! akspoaoskopakso
    Abraçoos

    *PS:Que bom q o blog voltou, tava morrendo de saudades das suas resenhas!

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eloísa! Né? rsrs Awn, que bom saber disso! <3

      Excluir
  13. Tony, primeiramente: amo o jeito que você faz as suas críticas. Você tem muito dom para isso, sério. A tua análise do livro Na Estrada Jellicoe não poderia ter ficado melhor. Ainda não tinha ouvido falar dele e acredito que, se eu ouvir, não saberão falar tão bem quanto você.

    Confesso não ler livros com muita expectativa, pois quando o fazia me decepcionava bastante (assim como você com esta leitura). O que mais me agradou, além da capa, é claro, foi você dizer que o ritmo do livro é lento e melancólico (o que me faz acreditar que combina bastante comigo). Acredito que a Melina deve ter escrito de forma a não situar o leitor para que assim pudéssemos compreender o quão misteriosa é a história. Bem, eu não sei... Só lendo para ter certeza.

    Estou encantada mais uma vez com o seu blog, haha ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isadora! Awn, que bom saber disso! Fico muito feliz em ler comentários como esse teu! ^^ Sim, acho que a intenção dela foi essa, mas não curti.

      Excluir
  14. Que pena que a autora não soube estruturas muito bem a história! Sei lá, às vezes os autores querem inovar e acaba não rolando kkk A Queda dos Anjos é assim também, a autora nos joga no meio de um horror de guerra, mas aos poucos vai nos situando, de forma que se torna bem legal descobrir o que de fato está acontecendo, o que infelizmente não foi o caso de Na estrada Jellicoe.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tonyyyy

    Eu acho essa capa lindíssima. Já te falei que li resenhas positivas e algumas outras que apontaram essa falta de explicação, então não acho que seja cisma sua.
    Que pena que o livro não funcionou para você. Expectativas realmente são perigosas!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami! Também acho que não seja! rs Pois é :/

      Excluir
  16. Olá,
    É o que costumo dizer, expectativas geralmente são a raiz de todas as decepções. Eu não tenho pretensões de ler esse livro apesar de gostar de um bom drama, mas gostei muito da sua resenha, adorei (e que sdds </3).
    Beijoxx
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Verdade! :/ Também estava com sdds de ti! </3

      Excluir
  17. Oi Tony
    Pelos seus comentários pude perceber que sua experiência com o livro não foi boa, e lendo suas ressalvas, acho que eu tbm não iria gostar do livro. Eu imaginava uma história bem diferente desta que nos foi apresentada. Adorei sua resenha.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa! Fico feliz em saber que você curtiu a resenha! :)

      Excluir
  18. Oi Tony, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, sua opinião sincera, destacando pontos positivos e negativos.
    Uma pena quando acontece de ir ler um livro com uma expectativa muito alta, e no final de 'decepcionar'. O livro não me chama muito a atenção, então acho que não leria.
    Beijos!
    Leitura Nossa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline! Tudo sim e contigo? Fico feliz em saber disso! Sim, é uma pena mesmo.

      Excluir
  19. Oi Tony!

    bem, não aprece ser um livro excelente, mas tb não me parece ser de todo ruim, de qualquer forma não leria, confesso rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Sim, o livro não é ruim não...

      Excluir
  20. Oi, Tony! Tudo bem?
    Rapaaaz, agora que eu reparei que o nome da autora está na árvore o.o Por mim não tinha nome ali kkkkk E então, você não gostou do livro, né? Nossa, eu estava doida pra lê-lo. Infelizmente não vi muitas críticas boas sobre o mesmo. Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com

    PROMOÇÃO NO BLOG: Ganhe um Livro da Jamie McGuire ---> http://estranhoscomoeu.com/2016/07/28/concurso-cultural-ganhe-um-livro-de-jamie-mcguire/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! Tudo sim e contigo? Hahahaha sim, ele tá ali em cima! rs Não muito... :/

      Excluir
  21. É muito ruim quando nos decepcionamos, mas mesmo sua resenha não sendo tão positiva fiquei curiosa sobre o livro. Parabéns pela sinceridade, bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  22. Oi, Tony! Vi alguns comentários sobre esse livro e essa parece ser uma história bem confusa. Não li, mas tenho a impressão de que a autora quis colocar vários plots e acabou se perdendo no desenvolvimento deles. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi! O pior é que é meio que isso mesmo. :/

      Excluir
  23. Olá, Tony!
    Confesso que o livro não chamou minha atenção. Mas após ler a sinopse fiquei um pouco curiosa. Quem sabe um dia não dou uma chance? Uma pena ele não ter superado suas expectativas :/
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi Tony.

    Fiquei com vontade de ler esse livro depois de ter lido sua resenha, parabéns!

    Abraço.

    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir