Título: Reportagens 
Autor: Joe Sacco
Ano: 2016
Páginas: 199
Editora: Quadrinhos na Cia.

Sinopse: Na última década, Joe Sacco tem se voltado cada vez mais aos quadrinhos curtos para nos mandar seus relatos dos conflitos ao redor do globo. Reunidas pela primeira vez, essas reportagens mostram por que Sacco é um dos principais correspondentes de guerra dos nossos tempos. São histórias de refugiados africanos em Malta, de contrabandistas palestinos, de criminosos de guerra e de suas vítimas. E ainda de uma incursão com o exército americano no Iraque, em que ele vê de perto a miséria e o absurdo da guerra. Um de seus trabalhos mais maduros,Reportagens traz Sacco nas linhas de frente dos conflitos, relatando com sensibilidade e crueza os horrores - e as esperanças - da humanidade.

*Exemplar cedido pela editora. 

Nunca havia tido contato com HQS, mas fiquei bastante interessado quando vi esta na lista de lançamentos da Editora Companhia das Letras. Entre os motivos para tal interesse, está o meu amor por jornalismo; e por a HQ se tratar dos “desafios e bastidores” de muitas reportagens do jornalista e cartunista Joe Sacco.

Genocídio: Atos que cometem com o intuito de destruir, total ou parcialmente, um grupo étnico, religioso ou pertencente a uma nação... Página: 8

Sacco dá inicio ao material com um texto breve sobre suas reportagens, e fala também do quanto sua profissão muitas vezes não ganha o valor que deveria. Achei muito bacana entender melhor como é ser um jornalista com foco em quadrinhos, e o quanto é trabalhoso e mágico trazer através de gravuras a realidade do que se pôde observar e viver através do que se coleta através das reportagens.

O toque não é risco para ninguém. Já as balas que eles atiram em nós... Página: 17

Todas as reportagens me envolveram e me fizeram ter a sensação que estava de fato vivendo junto ao repórter todos aqueles universos cheios de pessoas sofridas e em busca de algo. Gostei da forma parcial como as histórias foram retratadas, mostrando os dois lados, mesmo quando era evidente o que estava certo. Enfim, me emocionei bastante em alguns momentos cheguei a chorar tamanha a realidade presente nos diálogos e ilustrações.

Não devíamos ter família. Devíamos nos suicidar. Devíamos nos jogar de um penhasco para não conhecer este mundo cruel. Toda a história se repete e toda geração passa pela mesma coisa. Página: 53

No fim de cada história Joe adiciona algumas anotações finais sobre elas, do tipo onde elas foram publicadas, o que sentiu no decorrer das entrevistas, além de como a crítica aceitou seu trabalho. Acredito que “Reportagens” seja um material essencial para os que são apaixonados pelo jornalismo, mas também deixo a dica para os leitores que gostem de relatos reais sobre a dura realidade de alguns povos de variados países. Acreditem, não irão se arrepender de conferir esse trabalho rico, emocionante e enriquecedor. 



Nota: 


10 Comentários

  1. Olá, Renato.
    Não sou muito fã de HQs, prefiro livros mesmo hehe. Mas o assunto é interessante e mesmo eu que não tenho nenhuma ligação com jornalismo, fiquei interessada. Deve ser bem legal ver os bastidores. Mas não sei se leria.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil! Tudo bem?
      Mesmo não sendo fã de HQs, acredito que desta você vai gostar. O Joe através das ilustrações e diálogos envolve rapidamente o leitor em todo esse universo de reportagens.

      Excluir
  2. Oi Tony
    Acho que já falei aqui que eu adoro HQs, e esta parece ser muito interessante. Você me deixou mais curiosa quando fala que se emocionou com algumas reportagens, quero ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa.

      Reportagens é uma HQ muito interessante mesmo. Eu espero que você tenha a oportunidade de lê e gostar.

      Excluir
  3. Nossaaaaa, que bacana!
    Quero muito ler!
    Sou jornalista e seria muito interessante ver tudo isso em HQ.
    Parece muito interessante, uma leitura enriquecedora!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Teca! Tudo bem?

      Se achou bacana e ainda mais é jornalista, corre para adquirir que é certeza que vai amar. Todas as reportagens, seja os diálogos ou ilustrações passam uma verdade dura, porém necessária e que acrescente muito sobre vários momentos que presenciamos em noticiários. Enfim, leia!

      Excluir
  4. Eu não sou muito ligada em jornalismo e nem em HQs, então provavelmente o livro não funcionaria comigo, mas gostei bastante da proposta, e pra quem tem interesse na área, com certeza é um prato cheio!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol! Acredito que mesmo não sendo tão ligado ao jornalismo, irá gostar da HQ. É impossível não se envolver ao lê os diálogos e dá uma olhada minuciosa nos detalhes presentes em cada ilustração.

      Excluir
  5. Olá, Renato!
    Tratar deste tema em HQ foi algo inteligente, chamou minha atenção! A estória parece ser ótima, ainda por tratar de fatos tão reais e intensos. Adorei a resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nathália!
      Concordo com você! Esta HQ é ótima e foi algo muito inteligente mesmo.

      Excluir