Título: A Rainha Vermelha
Título Original: Red Queen
Autora: Victoria Aveyard
Ano: 2015
Páginas: 422
Editora: Seguinte
Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
*Exemplar cedido pela editora 

Sabe quando você começa a ler um livro e para pra pensar que todo mundo já leu esse livro e você não? =B pois é, assim que me senti quando comecei a ler “A Rainha Vermelha”, de Victoria Aveyard.


A personagem principal do livro, Mare Barrow, vive num humilde vilarejo com sua família onde somente pessoas de sangue vermelho residem. Mas como assim “pessoas de sangue vermelho”? Na trama, o mundo é dividido em duas “classes”, digamos assim, a Vermelha e a Prateada; os vermelhos, como a sinopse já diz, são as pessoas pobres que vivem para servir a elite, os prateados; estes, são a representação pura do poder e da soberania.

“ – A única coisa que nos diferencia – ao menos por fora – é que os prateados andam eretos. Já nossas costas são curvadas pelo trabalho, pela esperança frustrada e pela inevitável desilusão com nosso fardo na vida. ” – Mare Barrow, pg. 9

Diferentemente de Gisa, sua irmã mais nova que tem um talento incrível para bordar, Mare ajuda sua família a sobreviver a partir dos furtos que ela pratica, apesar de os parentes reprovarem isto. Por estar perto de completar 18 anos e não possuir emprego, Mare está prestes a ser recrutada para o exército, assim como seus três irmãos, Bree, Tramy e Shade.

Para proteger e impedir que seu melhor amigo seja recrutado para o exército e mandado para a guerra, Mare se mete em algumas confusões e acaba indo parar no palácio real, um lugar onde somente prateados de muitíssimo poder residem. Durante a Prova Real, torneio realizado (entre prateados) para determinar quem será a futura rainha, Mare descobre possuir poderes especiais. A novidade logo deixa todos confusos: Como uma criada vermelha pode possuir poderes, privilégio que somente prateados dispõem-se? A realeza, sem saber como explicar tal coisa para a população, acaba inventando que Mare, na verdade, é uma prateada que perdeu seus pais em uma guerra; e acabam obrigando a pobre garotinha de poderes elétricos a ser noiva de um de seus filhos, o príncipe Maven.

Se você estava achando o livro até então emocionante e com muitas reviravoltas, agora é que estas coisas realmente vão acontecer. Durante a Prova Real, Mare conhece Evangeline Samos, uma magnetron poderosa que pode manipular os metais. Evangeline vence a prova real e agora é noiva do outro príncipe, Cal, na qual Mare, na minha opinião, tem uma certa quedinha.


Durante toda a trama, não consegui entender tão bem se a autora queria que a Mare ficasse com o Cal ou com seu noivo, Maven, mas o romance não está em primeiro plano na ficção, por isso, não espere que o livro tenha muitas partes românticas. O que vemos aqui é uma estória com muita ação, desentendimentos, política, mortes e drama.

Se vocês viram o post na qual o Tony me apresentou oficialmente como colunista do blog, viram que eu ainda estou desenvolvendo o hábito da leitura e, por isso, não posso avaliar alguns aspectos do livro como, por exemplo, a escrita da autora, mas o que eu posso dizer é que eu simplesmente adorei tudo, o desenvolver da trama e o passar dos capítulos são sensacionais ❤. E não vou me esquecer de dizer que um ponto super positivo do livro é que os capítulos são curtinhos, principalmente os primeiros e, não sei vocês, mas eu tenho mais vontade de terminar de ler o livro quando os capítulos são menores 😛.

O livro é definitivamente muito bom e muuito lindo *-* principalmente a capa com essa coroa com um relevo incrível! Eu amei demais e, acho que não foi só eu, afinal antes de o livro ser finalizado, já havia algumas brigas aí pra decidir quem ficaria com os direitos autorais do livro para uma futura adaptação para o cinema que, inclusive, já está sendo escrita por Gennifer Hutchisone (Breaking Bad) e em breve será lançado pela Universal.


BÔNUS: Procurando alguns vídeos de como o livro é na sua versão original, me deparei com um vídeo incrível de DIY num canal gringo de livros chamado "Epic Reads", nele é ensinado a fazer uma coroa idêntica à da capa do livro. Deem uma olhada:



Nota:




Série A Rainha Vermelha:

A Rainha Vermelha
Espada de Vidro
A Prisão do Rei
Coroa Cruel (Contos da série A Rainha Vermelha)




14 Comentários

  1. Oiii Leandro, tudo bom?

    A capa desse livro é realmente linda mesmo! E acho a história super interessante, apesar de que te confesso que Mare não é minha protagonista favorita (não gosto nadinha dela).
    Louca pra ler a terceira parte que publicam esse ano.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Alice, tudo bem sim e com você? c:

      É perfeita, mds!! E você é uma das poucas pessoas que eu vi que não gosta da Mare sos eu adoro ela, e também tô muito ansioso tanto pra Espada de Vidro (vou começar logo logo) quanto pro terceiro volume c:

      beijoss =)

      Excluir
  2. Oi Leandro,
    Ixi, sendo sincera? Eu não gostei desse livro não, rs.
    Achei uma mescla de X-Men com Jogos Vorazes e não me convenceu.
    Faltou criatividade para me cativar.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale ^-^

      Ihh, entendo haha, mas é assim mesmo.. Eu gostei bastante do livro porque é um dos primeiros do gênero que leio, mas pode ser que no futuro eu pare pra ver que nem era tão bom assim.. Ou não :B

      Beijos * - *

      Excluir
  3. Oi Leandro, tudo bom? EU tenho a mesma sensação que você "todo mundo já leu, menos eu" haahaa Enfim, eu vi algumas resenhas negativas dele e acabei desanimando, mas ele já está na minha lista de leitura a um tempão, espero ler em breve. Adorei sua resenha *_*

    Beijos
    https://resenhaatual.blogspot.com.br/2017/03/resenha-o-jogo-elle-kennedy.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sarah, tudo bom e com você? ;)
      Eu também vi bastante resenhas negativas na internet, até alguns amigos que já leram (outros só começaram e pararam) disseram que o livro é bom e só, mas eu realmente gostei bastante <3 e espero que você goste também. E obrigado *_*

      beijos =)

      Excluir
  4. Oie
    Acho que só eu não curti este livro, não consegui engrenar na leitura.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa ^-^
      Acredite, não foi só você haha vi várias pessoas que também não curtiram tanto.. Normal c:

      Beijoss (=

      Excluir
  5. Olá, Leandro, tudo bem?

    Que bom que você gostou. Infelizmente minha experiência com a leitura deste livro não foi muito boa. Achei que tinha referência demais e originalidade de menos, maa no finalzinho até que comecei a curtir. Em breve lerei o segundo e logo em seguida o terceiro, espero gostar mais.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami, tudo bem sim e com você? (:

      Ah, mas que bom que pelo menos no finalzinho começou a curtir.. Leia sim! Boatos que o segundo livro é mil vezes melhor que o primeiro ;-D eu vou ler logo logo também. Espero que a segunda leitura te agrade mais que a primeira

      Beijos ^^

      Excluir
  6. Oi Leandro!

    Eu ainda não li Rainha Vermelha mas é sempre bom conferir um livro com bom desenvolvimento! Não sabia da adaptação, mas curti, pela resenha, acho que o livro daria mesmo um bom filme!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! c:

      Leia sim, eu gostei bastante, a história é muitíssimo interessante ^^
      e sobre a adaptação, eu acho que vai dar um bom filme sim.. esperamos, né? hehe. Espero que a leitura te agrade.

      Beijos ^^

      Excluir
  7. Resenha show!!! Eu li esse livro e adorei, mas vi que teve gente ai metendo o pau. Esse triãngulo amoroso, por vezes, se torna bem confuso mesmo. Eu ameii DIY. Ah...também gosto da questão dos capítulos curtos.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma,

      Uh, que bom que não sou o único que gostou KKK, realmente o triângulozinho é bem confuso, mas acho que no final tudo fica mais claro..
      Livros com capítulos curtos: <3

      Beijos =))

      Excluir