Título: Verme!
Autor: Jim Carbonera
Ano: 2014
Editora: Bôemia Urbana
Páginas: 200
Sinopse: Entre o fictício e o real, Rino Caldarola narra em primeira pessoa suas desventuras e desatinos em Porto Alegre, sua cidade natal. Inconformado pela escassez de inspiração e à procura de um lugar ao sol no cenário literário brasileiro, o protagonista é o reflexo das desilusões e dos anseios que atormentam uma sociedade cada vez mais conturbada e contraditória.

* Exemplar cedido pelo autor
 
"Verme!" foi o meu primeiro contato com o autor Jim Carbonera. Desde que eu havia lido uma resenha do livro no blog Desbravadores de Livros me interessei pela obra. Algo me dizia que eu ia adorar o livro e felizmente estava certo! "Verme!" me proporcionou uma leitura intensa, ágil, reflexiva e marcante.


Durante boa parte da minha leitura o que mais me chamou a atenção no livro foi o fato de ele ter um toque bem realístico. Parecia que eu estava lendo um diário de alguma pessoa que de fato existe na nossa vida real.
"A cada minuto, os segundos viram passado e não podemos perder metade de nossas vidas nos lamentando e procurando desculpas para as merdas que cometemos. A grande jogada é: levou um soco da vida; esquive-se do próximo e contra-ataque com um cruzado de direita. Ninguém será seu salvador, a não ser você mesmo." - página 61 
 
Jim Carbonera nos descreve com primor os lugares, as pessoas e os pensamentos, atos e ações do protagonista (Rino Caldarola) de "Verme!". Eu não precisava fazer força para mentalizar os cenários e os personagens do livro, pois com poucas linhas lidas tudo começava a surgir naturalmente e com clareza em minha mente.

Além desse realismo, outra coisa que rouba a cena no livro são os seus personagens. Jim caprichou na construção dos personagens de sua obra. Todos são extremamente bem construídos, mas um em especial sobressai se comparado aos outros. Sim, estou falando do Rino! O protagonista de "Verme!" é aquele típico personagem politicamente incorreto que acaba conquistando o leitor logo de cara.

"Há pessoas que nascem para serem criadas em gaiolas, fechadas, trancafiadas em seu mundo, um lugar muitas vezes encantador, fantasioso, introspectivo e cheio de facilidades. Pessoas movidas por suas verdades absolutas e lúgubres. Já outras, nascem para voar em liberdade, bater asas livremente em um céu brando, limpo, independente. Como pássaros desprovidos de trancas, guiados apenas pelos seus instintos. Em ambos os casos há felicidade, para isso, basta escolher em qual deles nos encaixamos melhor." - páginas 143 e 144

Rino Caldarola é um cara desbocado, que vê o mundo de uma maneira única. Ele não tem vergonha de esconder quem é de verdade, esconder o lado selvagem que nós temos e muitas vezes escondemos. Rino vai narrando com detalhes a sua rotina e os seus mais profundos pensamentos sempre com uma boa dose de ironia e sarcasmo. Mas não pensem que ele esconde os seus "podres", Rino na verdade faz o contrário: mostra para os leitores toda sua depravação, machismo e arrogância sem rodeios (Essa sinceridade foi uma das coisas que mais gostei no personagem). Em contrapartida aos defeitos, há as qualidades do cara, e posso dizer que são muitas: Rino é uma pessoa cheia de compaixão, sinceridade e inteligência. O personagem me fez refletir bastante sobre diversas coisas como: O cenário atual da literatura brasileira, política e religião. O ponto de vista dele sobre esses temas é muito legal e é bem parecido com o meu.

"As pessoas não estão acostumadas com discórdia e querem nos obrigar a compactuar da mesma opinião que elas. Basta ter um julgamento diferente e pronto, você será considerado preconceituoso e estúpido." - página 152

Eu poderia passar linhas e mais linhas falando sobre a complexidade do Rino, mas creio que a resenha iria ficar enorme. Então vou falar sobre outra personagem que também é muito legal: Diana. A "namorada" do nosso protagonista é uma mulher cheia de atitude e personalidade. É uma personagem feminina forte e bem cativante.

Acredito que muitos de vocês devem querer saber se o livro possuí muita ação e reviravoltas, não é? E eu vos digo: O livro não possui as reviravoltas que estamos acostumados a presenciar em romances policiais; Nem possui a ação que é figurinha carimbada em livros como "Assassin's Creed"; "Verme!" não possuí a tensão dos thrillers ou muito menos aqueles romances água com açúcar característicos dos romances que fazem as meninas tanto suspirarem. "Verme!" não possuí nada disso e ainda assim consegue ser muito melhor do que os livros dos exemplos citados. A obra de Jim Carbonera foca apenas no cotidiano de Rino, nas suas desventuras e em sua busca por reconhecimento na literatura nacional. Pronto, é só isso. E se você pensa que o livro é chato ou tedioso por ser assim, você ESTÁ COMPLETAMENTE ENGANADO. É nessa simplicidade e no foco em acontecimentos do cotidiano, nesse realismo urbano, que o Jim se destaca e faz bonito, nos entregando uma obra prima.

"Assim como um verme, um parasita, fico aqui parado apenas vivendo à custa dos outros e sugando o necessário do hospedeiro para minha sobrevivência. Sem contribuir em nada para o organismo chamado sociedade." - página 178

Se você, assim como eu, dedica a maioria do seu tempo para ler livros de fantasia repletos de seres mitológicos e sobrenaturais, pegue "Verme!" para ler. Você vai se surpreender! O realismo urbano, a trama e os personagens encontrados na obra de Jim Carbonera irão te conquistar, encantar e (como escrito pelo próprio autor em meu exemplar:) te embriagar de insanidade e satisfação.




Nota: 5 de 5 estrelas


PS: Já quero ler os outros livros em que o Rino é protagonista!
PS 1: "Verme!" tem bastante palavrões e algumas cenas de sexo...
PS 2: ... mas são essenciais para o livro e em nenhum momento causam desconforto no leitor (pelo menos em mim não causaram).
PS 3: A leitura flui muito rápido. Quando peguei o livro para ler, li em poucos minutos mais de 60 páginas!
PS 4: A edição do livro está muito bem feita.
PS 5: O Jim é muito gente boa e atencioso...
PS 6: ... e é um querido, além de ter me enviado o livro (autografado), ainda me mandou uns marcadores bem legais! <3

31 Comentários

  1. Olá, Tony.
    Verme! é realmente um livro muito bom. Fico feliz que tenha visto a resenha lá no blog e se interessado.
    Realmente a obra não possui grandes reviravoltas, mas ainda sim nos prende, não é mesmo? A realidade pungente é o grande trunfo da obra.
    E concordo com você, Jim é realmente muito gente boa.
    Excelente resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcos! A sua resenha estava muito bacana, me fez ficar com muita vontade de ler o livro! ^^ Sim, exatamente. E foi por isso que eu gostei tanto da obra! :) Pois é, o Jim é muito gente boa! :D
      Obrigado, fico feliz que você tenha curtido a resenha! :3

      Excluir
  2. A sua é a terceira resenha que leio desse livro e você abordou pontos que ainda não tinha visto. Lendo sua resenha consegui entender um pouco o titulo do livro, mas ainda acho que tem muto para ser descoberto hehe. Esse é um livro bem diferente do que estou acostumada a ler, mas se é tão bom quanto você descreveu, vale a pena ser lido.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Sim, ainda tem muita coisa para ser descoberta! Espero que você possa ler ele em breve e que goste dele assim como eu gostei! :)

      Excluir
  3. Oi, Tony!
    Gosto muito quando encontro resenhas de autores nacionais que não conheço, especialmente quando são positivas como a sua ;)
    Vou ficar de olho!

    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! O livro é bem bacana, vale muito a pena ler ele! Espero que você o leia em breve... :)

      Excluir
  4. Olá!
    Nunca havia visto nada deste autor. Normalmente, não leio está tipo de livro, porém ele parece bem interessante.

    Beijos

    modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Ele é bem interessante e muito bom! Vale a pena lê-lo! :)

      Excluir
  5. Olá
    achei muito top essa capa, e vejo que o livro é muito bom, não sei se eu compraria no momentomas a dica eu vou antar, eu já conhecia o livro em outras resenhas que só foi elogios, muito top, eu tenho o marcador do livro falta só o livro rsrs
    Abçs
    Passa Lá No Meu Blog Pleas - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Netinho! A capa do livro é muito bacana, né? Espero que você possa ler o livro em breve, ele é muito bom e vale a pena ser lido! :D

      Excluir
  6. Oi, Tony!
    Meu comentário salvou? Não sei. KKKK...
    Enfim, fiquei interessado pela obra. Parece ser bem diferente das outras que vêm sendo publicadas atualmente no cenário literário atual. O que me deixou receoso foi o fato de haver muitos palavrões. Não é que eu seja puritano ou conservador. Longe disso! Mas é que quando determinados autores usam e abusam de palavrões, fico incomodado.
    Mas ainda assim quero dar uma chance e conferir a história. Parece ser bom.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro! Salvou sim! rs
      Pois é, o livro é realmente bem diferente do que vem sendo lançado e é por isso que é tão bacana! *-*
      Os palavrões não me incomodaram, mas não sei... possa ser que eles te incomodem. Mas enfim, é melhor você ler e ver o que acha, né? O livro é muuuito bom! :D

      Excluir
  7. A cada dia que passa fico mais orgulhosa de ver a literatura brasileira crescendo. Acho que já é a segunda vez que vejo sobre esse livro, achei muito bacana a proposta dele, e estou bem curiosa para ler.

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joice! Eu também fico bem orgulhoso de ver a literatura brasileira crescendo! *-* O livro é muuuito bom, espero que você possa lê-lo em breve! :)

      Excluir
  8. Oie,
    Você me convenceu a ler o livro tipo de primeira, adorei o livro, as citações e fato de você fazer uma resenha realmente interessante. Se soubesse o quanto isso está em falta kkk
    Por fim, preciso ler *-*
    Beijinhos Screepeer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elogiei tanto que esqueci de deixar meu blog kkk
      screepeer.blogspot.com

      Excluir
    2. Oi, Ágatha! Eba, que bom que te convenci a ler o livro logo de cara! Fico feliz que você tenha curtido a resenha! :) Ah e espero que você leia o livro em breve.

      Excluir
  9. Eu tenho certeza que já li a resenha desse livro em algum lugar 'u'
    Oie Tony, tudo bom?
    Parece ser uma leitura legal, fiquei interessada pelo livro, hahaha preciso ler.
    É bacana ver como os escritores brasileiros atuais estão se superando, vale a pena das umas chances para eles 'u'
    Adorei a resenha 'u'
    † sessão proibida †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lunii! Tudo ótimo e contigo? Pois é, os escritores nacionais cada vez se superam mais! <3 Vale muuito a pena ler "Verme!"! Espero que você o leia em breve. Eba, fico feliz que você tenha curtido a resenha!

      Excluir
  10. Oi Tony!
    5 de 5 estrelas? Já me chama atenção.
    Ainda mais por ser nacional. História muito interessante.
    Adorei a dica e anotei aqui ;)
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! Pois é, o livro merece 5 estrelas! :D A história do livro é realmente bem interessante, espero que você possa ler "Verme!" em breve! :)

      Excluir
  11. Esse é um livro que gostaria muito de ler! O título por si só é impactante. Adoro obras realistas e personagens bem construídos.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paloma! Se você adora obras realistas e personagens bem construídos, vai amar "Verme!"! :D

      Excluir
  12. Olá,
    Adorei a resenha, lembro de ter falado que ficaria aguardando por ela quando você anunciou a parceria. Fico feliz que tenha se empolgado verdadeiramente com a obra e visto doses extremas de realismo urbano, já quero <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Fico feliz que você tenha curtido a resenha! Ahh eu também me lembro disso. O livro é muito bacana, espero que você leia ele e goste dele assim como eu gostei! :)

      Excluir
  13. Olá Tony!
    Eu li o livro Verme e revivi ele mentalmente em minha imaginação lendo a sua resenha, Verme foi um dos melhores livros que li, achei a descrição do personagem Rino tão real que chego a pensar que um dia ainda o encontrarei andando na rua em uma de minhas visitas ao Rio Grande do Sul kkkkk
    Parabéns pela resenha, descreve muito bem a emoção do livro!
    Bjos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O, Eloísa! Verme! é muuuuito bom, né? Também acho que um dia irei me esbarrar com o Rino por aí. rsrs Muito obrigado! :)

      Excluir
  14. Lucas, Lucas! Sua resenha transmite a grandeza vista no livro, impressão esta que me deixa em dúvida acerca da periculosidade dessa precisão. O importante é que está no ponto: embora eu tenha lido algumas críticas sobre "Verme!" a sua, tão por mim esperada, deu-me a certeza: comprar! Agora sinto a necessidade dessa leitura aparentemente crítica e de teor metafísico (receita ideal para sobressair-se). Adorei. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Agatha! Tudo certo? Opa, fico feliz que a minha resenha tenha te convencido a ler "Verme!"! :D Espero que você possa ler o livro logo e que goste dele assim como eu gostei! :)

      Excluir
  15. Não sou uma grande fã de livros nesse estilo, mas gostei bastante da história. Por o livro se passar aqui em Porto Alegre, fiquei ainda com mais vontade de ler. Você me ganhou também quando comentou que fala sobre o cenário atual da literatura brasileira, política e religião. Livros assim são bem raros, infelizmente.
    Ah, e realmente o autor foi muito simpático. Gostei.


    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bianca! É, o livro se passa em Porto Alegre e o autor narra lindamente os lugares da cidade! Muito bacana isso. :) Espero que você possa ler o livro em breve! :)
      Sim, ele foi muito simpático! *-*

      Excluir