Título: Minicontos Macabros
Autor: Clayton De La Vie
Ano: 2015
Páginas: 55
Sinopse: A obra reúne diversos minicontos com teor gótico, repletos de humor negro e que trazem, mesmo que obliquamente, uma reflexão acerca da vida, do que é real e imaginário

Adoraria chegar aqui e dizer que "Minicontos Macabros", do autor (parceiro do blog) Clayton De La Vie, foi uma das melhores leituras que fiz no ano de 2015 e que a obra é excelente. Mas infelizmente não posso, pois estaria mentindo se fizesse isso.

"Minicontos Macabros" é um bom livro, isto é verdade. Mas lamentavelmente, a antologia de contos de terror, tem um número considerável de pontos que me desagradaram e fizeram com que eu tirasse algumas estrelas na hora de avaliar a obra.

Começo essa resenha, então, falando sobre os pontos negativos da obra. O formato de "Minicontos Macabros" a princípio me agradou: Achei a ideia de reunir 50 (!!!) minicontos em um só livro bem criativa, ousada e original. Mas aí vem a primeira decepção: O livro só tem 55 páginas. "Mas por que você se decepcionou por causa disso, Tony?" Vejam bem, 55 páginas para 50 minicontos... É um número bem pequeno para escrever tantos contos, né? Daí vem a explicação para o "mini" do título do livro: Os contos são EXTREMAMENTE curtos. CURTOS MESMO. Sério. Têm contos de somente TRÊS linhas. Por causa desse formato, muitos contos acabaram se tornando mal desenvolvidos e (de tão curtos que são) esquecíveis. E foi por isso que acabei me decepcionando (um pouco) com a obra...

Aí vem o outro ponto que me desapontou: O humor negro presente na maioria dos (mini) contos. Em alguns momentos eu ri dos contos que fazem uso do humor negro e politicamente incorreto, mas em muitos contos, eu achei o uso desse humor negro de muito mau gosto. Querem um exemplo? Aqui vai um: Em um determinado conto do livro, Clayton nos conta a história de uma mulher que morreu aos 32 anos sem nunca ter tido alguma relação sexual, ou seja: virgem. Na hora do enterro, quando o caixão começou a ser coberto por terra, uma única frase passa pela mente do narrador do miniconto: "finalmente será comida". Deu para entender o trocadilho, né? E vocês gostaram dele? Eu não gostei. Achei de muito mau gosto. Sério.

Até entendo que é de costume o humor negro ser assim: brincar (sem pudores) com todos os tipos de situações, mas não sou obrigado a gostar dos contos (que são vários) onde esse humor negro é usado, certo?

Por mais contraditório que possa ser, mesmo não gostando (em alguns casos) dos contos que fazem uso do humor negro, tiro meu chapéu para o autor do livro. O Clayton foi ousado, não teve medo de escrever contos desse tipo. E são esses (os autores que ousam e inovam) os autores que mais respeito.

Ah, e por falar em ousadia, devo dizer que o autor tem de sobra. Todos os 50 contos, que são bem diferentes uns dos outros, são bem ousados. Pesados. Clayton não tem medo de chocar o leitor, ele escreve com a maior naturalidade do mundo contos sobre rituais satânicos, serial killers que guardam cabeças na geladeira, pais que matam filhos, maridos que matam esposas, namorados que matam namoradas e entre outras coisas bem bizarras e chocantes. De La Vie merece vários aplausos por toda a sua irreverência e ousadia.

A escrita do autor é excelente e bem fluída, fazendo com que leiamos os contos em um piscar de olhos.

A diagramação da obra (que é em e-book) está muito bem feita e a revisão impecável. Enquanto lia, não encontrei nem um errinho sequer.

Em suma, "Minicontos Macabros" é um bom livro. A obra possuí os seus altos e baixos, mas consegue deixar uma boa impressão a respeito do autor e fazer com quê queiramos ler outros livros assinados por Clayton De La Vie. Se você curte livros com contos extremamente curtos, recheados de altas doses de humor negro, violência e situações bem macabras, vai amar a obra. Certeza.

Nota: 3 de 5 estrelas

PS: O autor fez uma homenagem ao autor Edgar Allan Poe e escreveu um conto inspirado nele...
PS 1: ... O conto, intitulado "O chamado", é um dos melhores e o meu preferido da antologia.
PS 2: Só um esclarecimento: Não coloquei nenhuma quote do livro na resenha por medo de acabar escrevendo o conto todo. E não, não estou sendo irônico ou fazendo uma piada com o fato de os contos dos livros serem extremamente curtos. Juro.

39 Comentários

  1. Oi Tony!
    Não sou muito de ler contos de terror, comecei a ler uns a pouco tempo.
    Talvez desse uma chance a esse livro, mas que eu tenho medo, isso eu tenho! HAHAHAHAH
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! Haha os contos mais me chocaram do que assustaram. Mas têm uns que são horripilantes e de fato, me assustaram! rs

      Excluir
  2. Oi, Tony!
    Estava curiosa com essa antologia, mas agora fiquei um pouco decepcionada.
    Não leio muitos contos, exatamente por eles serem bastante curtos, na maioria das vezes fico com aquele gostinho de quero mais e em outras com a sensação d que a história poderia ser melhor. Imagina eu lendo esses mini contos!
    Espero que o autor use toda a sua ousadia e escreva um livro mais desenvolvido.
    Beijos

    www.construindoestante.com || Curta a fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana! Pois é, o formato da antologia me decepcionou... Os minicontos poderiam ser maiores. né? Também espero! :) Potencial para escrever excelentes livros ele tem! :D

      Excluir
  3. Oi, Tony! Tudo beleza?!
    Hum, essa leitura prece ser bastante rápida e macabra. Será que irei gostar se ler? rsrs, espero que sim :)
    Abraços ^_^

    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dan! Tudo sim e contigo? Hum, não sei. Mas espero que você goste! :)

      Excluir
    2. Oi, Dan, tudo bem? Não sei dizer se a leitura te agradará. No entanto, posso garantir que te fará refletir sobre algumas situações.

      Visite meu site: www.claytondelavie.eu.pn
      Conheça um pouco mais do meu trabalho e entre em contato comigo. Adorarei tê-lo como parceiro.

      Excluir
  4. Olá, Tony.
    Quando era mais novo, me envolvia mais com livros de contos. Gostei de sua opinião sobre este livro. Embora nunca tenha livros de contos com temática terror.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato! Eu adoro livros de contos! Esse me desagradou em alguns pontos, mas é bem legal! :)

      Excluir
    2. Oi, Renato, tudo bem? O foco de Minicontos Macabros não é o terror, mas possuo algumas obras voltadas a esse gênero.

      Visite meu site: www.claytondelavie.eu.pn
      Conheça um pouco mais do meu trabalho e entre em contato comigo. Adorarei tê-lo como parceiro.

      Excluir
  5. Oi Tony como vai?
    A quanto tempo né kk, nossa que livro legal, me lembro um filme de terro que assisti a uns tempos atrás pelo menos a capa, ótima resenha
    Abraços !

    http://www.pedrosanttos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pedro! Vou bem e você? Como vai? Pois é! haha Obrigado! :)

      Excluir
    2. Oi, Pedro, tudo bem? Fico feliz que tenha gostado do livro lendo apenas a análise feita pelo Tony :3

      Visite meu site: www.claytondelavie.eu.pn
      Conheça um pouco mais do meu trabalho e entre em contato comigo. Adorarei tê-lo como parceiro.

      Excluir
  6. De início o livro me chamou bastante atenção, inclusive por essa capa bem peculiar hahaha
    É uma pena que os contos são curtos e isso virou um ponto negativo.
    Mas no mais, achei a obra interessante. Quem sabe algum dia o autor reescreve as história fazendo alguns acréscimos? haha

    Abraços
    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Filipe! Pois é, a capa dele é bem peculiar! haha Sim, isso é de fato uma pena! :( Pois é, né? Quem sabe?

      Excluir
    2. Oi, Filipe, tudo bem? Fico feliz que a capa tenha cativado a sua atenção. Realmente a arte é de um trabalho primoroso. Quanto ao acréscimo dos contos, não descarto a ideia. Um dos minicontos virou uma novelata intitulada de "Assassino por Opção", lançada pelo Amazon. Talvez os outros se tornem também. Agora estou focado em outros trabalhos, mas verei a possibilidade para o ano que vem. Obrigado por seu comentário.

      Visite meu site: www.claytondelavie.eu.pn
      Conheça um pouco mais do meu trabalho e entre em contato comigo. Adorarei tê-lo como parceiro.

      Excluir
  7. Oi, Tony!

    Antes de mais nada, parabéns pela imparcialidade! Acho digno quando os blogueiros não se deixam levar pela parceria!
    Como assim contos com apenas três linhas? Não consigo imaginar isso...
    Quando ao "finalmente será comida", confesso que eu ri! hahahahha

    Eu acho que já cheguei a comentar que não curto coletânea de contos, prefiro os avulsos!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires! Obrigado, eu costumo sempre avaliar o livro em si, sabe? Não sou de dar 5 estrelas só porque é uma obra de um parceiro. Vou dar o número de estrelas que eu achar que o livro merece. Realmente tem pessoas que se deixam influenciar pela parceria... Mas enfim, é isso mesmo que você leu: Tem contos de três linhas! :O
      Sério que você riu? :O
      Eu gosto de antologias! :)

      Excluir
    2. Oi, Tamires, tudo bem? Você conseguiu pegar um ponto bem interessante. Estava comentando com o Tony a respeito. Eu, em minha condição de autor, também adoro essa imparcialidade porque quero receber a opinião sincera dos meus leitores. Mencionei também que o humor é bastante relativo. Diversas pessoas torceram o nariz para o mesmo miniconto, e adorei saber que você riu. Os minicontos são breves, de fato, mas acredito ter passado toda a mensagem que eu queria. Principalmente algumas críticas. Aproveitando a oportunidade, saliento que a opinião do narrador não reflete o que eu penso a respeito das mulheres (virgens ou não). Cada um tem que ser feliz à sua maneira <3

      Excluir
  8. Como assim contos de três linhas? Caramba isso é muito pouco. Muito mesmo. Nem achei que existisse contos tão pequenos assim. E só por isso já acho também que não vou gostar. E kkkkkkk eu até achei engraçado, mas talvez seja porque eu rio de tudo mesmo. Agora não sei se ia gostar desse tanto de ousadia assim dele. Mas né, quem sabe um dia eu leia. Apesar de que não curto e-books.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Liih! Pois é, é muito pouco mesmo! Hahaha mas não são todos que são tão curtos assim, tem uns de duas/três páginas! rs Sério que você riu? :O É, quem sabe, né?

      Excluir
  9. Oiee
    Confesso sou meio medrosa pakas, eu não era assim, mas agora sou kk
    Vai entender neh, por fim, mas confesso que curto o humor negro e é o que mais me fez querer ler o livro muahahaha
    Beijinhos Screepeer
    http://screepeer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ágatha! KKK sei muito bem como é isso, Mas os contos não são tão assustadores assim... E o livro tem muito humor negro, então certamente você vai gostar dele! :)

      Excluir
  10. Confesso que sua resenha me deixou um pouco decepcionada com o livro, apesar de eu o conhecer só agora. Mas mesmo assim daria uma chance para o livro, sou apaixonada por terror e livros de contos, imagina contos macabros. Eu ri com esse "finalmente será comida", desculpa, hahah.
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Dê uma chance para o livro mesmo, quem sabe você não acaba gostando dele? :) Hahaha sem problemas! rs

      Excluir
  11. Curti muito a resenha. Confesso que o miniconto que vc descreveu foi engraçado, só um pouco ha ha.
    Me interessei pelo livro. Quem diria.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Moises! Fico feliz que você tenha curtido a resenha! :) Espero que você leia o livro em breve! :D

      Excluir
  12. Oi! Tudo bem, Tony?

    Hahuhauahuauhahuahu. Calma aí. Cof, cof, cof. É que o seu trocadilho quase-não-intencional no final da postagem foi ótimo.

    Bom, gostei muito da sua resenha e da sua sinceridade. De fato, 55 páginas para 50 contos é um número bem pequeno para um bom desenvolvimento. É uma pena que isso tenha ocorrido e que alguns pontos tenham desapontado (isso soa engraçado, né? huahuah) você.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeni! Tudo ótimo e contigo? KKKKKKKK! Fico feliz que você tenha curtido a resenha. Pois é, é realmente uma pena... :( Haha de fato soa! rs

      Excluir
  13. Oi Tony!
    Eu gosto, mais depende muito do meu humor, uma pegada mais pesada assim, tenho que estar com uma vibe mais sombria! ahahhaa
    Gosto de contos curtos para intercalar com as leituras mais densas! Espero conhecer mais do autor ainda e que leia outras obras! Ótima resenha! Beijos
    Paula Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/07/resenha-renascida-saga-acampamento.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paula! Por que você não dá uma chance ao livro? Talvez você curta ele! >.<
      Obrigado. :)

      Excluir
  14. Olá,
    O problema dos livros de contos, pelo menos para mim, é que as chances de gostarmos de todas as histórias é muito pequena. A verdade é que eu não me interessei por esse livro, simplesmente não é o tipo de história que combina com humor negro, pelo menos é minha opinião.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inês! Pois é, comigo também é assim e nesse livro eu acabei não gostando de muitos contos... :(

      Excluir
  15. Ta ai Tony, fechei contigo!
    Sinceridade é o que liga!
    Não é por que é parceiro que a gente vai enganar os leitores!
    Bjs da Le
    www.leversosecontroversias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia! Isso mesmo, devemos ser sempre sinceros com os nossos leitores! :)

      Excluir
  16. Oláá Tony!
    Então primeiramente peço desculpas pelo meu sumiço rsrsrs
    E agora sim, amei a resenha! Eu estou lendo o livro Seres do Além do Clayton De La Vie e estou curtindo muito, no entanto ainda não li o livro 'Minicontos Macabros'...
    Amei 'as considerações finais' com o trocadilho haha
    Abraços.

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eloísa! Precisa se desculpar não... Ah, fico feliz que você tenha curtido a resenha! :) Esse Seres do Além parece ser muito bom! :D
      Haha! XD

      Excluir
  17. Hey, Tony! Tudo bem?
    Faz um tempinho que não venho aqui né?
    Que resenha maravilhosa, a começar pela escolha do livro, porque só o título já é tentador. Mas o melhor mesmo é a forma como o descreve, você sabe como me cativar a uma leitura hein, moço!

    Abraços, até loguinho!
    http://www.revolucaonerd.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Victor! Tudo ótimo e contigo? Pois é, cara! Já estava sentindo a sua falta... Muito obrigado! Fico feliz em saber que você achou isso da minha resenha! :)

      Excluir