Título: Tá Todo Mundo Mal 
Autora: Jout Jout
Ano: 2016
Páginas: 200
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em Tá todo mundo mal, ela reuniu as suas “melhores” angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no YouTube, “Jout Jout, Prazer”. Família, aparência, inseguranças, relacionamentos amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!

*Exemplar cedido pela editora

Conheci a Jout Jout há uns seis meses, por causa de uma propaganda da Vivo. Lembro-me de na época ter gostado muito do jeito dela e rido do seu jeito único de falar e se expressar. Tudo isso em apenas trinta segundos. Foi-se então passando o tempo, e eis que me deparo com a Companhia das Letras anunciando o lançamento de "Tá Todo Mundo Mal". Assim que o vi, pensei: "Vou solicitá-lo!" Mas aí minha consciência me alerta e pergunta: "Você vai solicitar um livro de uma pessoa que nem conhece direito? Quem é que disse que você vai gostar do que essa menina tem para dizer?" Fiquei pensando nisso e resolvi que estava na hora de assistir os vídeos do canal "Jout Jout, Prazer". O primeiro que vi foi o tão famoso "Não tira o batom vermelho" e instantaneamente virei fã daquela mulher. Jout Jout é uma pessoa admirável e seu livro de estreia além de comprovar isso nos faz ficar ainda mais próximos desta pessoa incrível.


Em meio a febre de livros de youtubers, tantos tão parecidos e sem nada a acrescentar na vida daqueles que os leem, Jout Jout se sobressai ao nos entregar um livro que não só nos acrescenta algo como também nos ajuda. "Mas como assim nos ajuda, Tony?" Simples. Ao nos contar várias de suas crises, a autora nos faz perceber que ter uma crise aqui e acolá não é o fim do mundo. Que por mais que pensamos que aquilo é o fim do mundo e não vamos ficar melhor, isso é bobagem. Com um pouco de paciência as coisas passam e melhoram.

O melhor de tudo? Jout Jout esbanja bom humor do início ao fim. Me vi tendo altas crises de riso em muitas das crônicas que ela narra nas poucas e bem fluídas 197 páginas de sua obra.

“O que a gente geralmente faz é usar todas as nossas emoções para exagerar todas as situações que aparecem na nossa frente. Quando bota um relacionamento no meio, o troço consegue piorar. Mas existe uma saída secreta, muitas vezes ignorada, que poucos conhecem e que, se não for usada com sabedoria, pode acabar em desgraça: é preciso não dar corda. Tudo que nosso drama emocional precisa é não ser incentivado de forma alguma. É tão simples, mas tão, tão simples, que a gente custa a acreditar.” - páginas 38 e 39

Os assuntos das crises são dos mais variados: há crônicas sobre família, relacionamentos, questionamentos, insegurança, comida e até mesmo tamagotchis (uma das melhores crises do livro. Sério.).

"Tá Todo Mundo Mal" é um daqueles livros que de tão bacana e divertido que é você acaba devorando-o (li ele em apenas dois dias). Uma leitura simples, descontraída e lotada de ensinamentos. Que nos faz refletir a cerca de nós mesmos e do mundo a nossa volta. É um livro para ler e ser lido novamente sempre que possível.

Se não bastasse tudo isso, o livro ainda nos ganha com uma edição exemplar. A capa é maravilhosa e toda em amarelo (minha cor preferida), a diagramação é bem bacana e descontraída e a revisão está ótima (não encontrei nenhum errinho sequer, acreditam?).

“Escrever tinha virado uma grande crise, mas também me ajudou a entender o quanto, às vezes, é preciso ter uma crise ou outra para saber como sair delas. Revivi crises que na época pareciam eternas, mas quando botei no papel vi que, se ficasse mais um pouquinho sem pensar nelas, eu esqueceria que aquilo um dia me incomodou tanto. Sem crises, parece que você não se transforma. E, se você não muda, você para.” - página 196

É ou não é para amar e favoritar essa maravilha de livro?

Em suma, "Tá Todo Mundo Mal" é um livro que recomendo muito. Se você curte uma leitura mais descontraída e divertida, o livro será uma excelente pedida.


Nota:


51 Comentários

  1. Olá, Tony! Tudo bem?

    Confesso que tenho certo receio com livros de youtubers. Sim, pode até haver exceções, como essa que você citou. Mas tem muita gente sem conteúdo algum, só adquirindo a honra de escrever um livro, por ser a última moda do mercado literário, infelizmente. Mas enfim, eu já conhecia o trabalho da Jout Jout, acho legal, mas também não chego a morrer de amores, porém o livro me chamou bastante atenção. Alias, sua opinião!

    Um ótimo fim de semana. https://realidadecaotica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renato! Tudo ótimo e contigo? Te entendo.. Olha, o livro vale super a pena ser lido. Vai por mim! :)

      Excluir
  2. Oi, Tony.
    Estou tão ansiosa para ler o livro da Jout Jout, mas confesso que quase desanimei depois de uma amiga me falar que esperava mais do livro, como gosto de tirar minhas próprias conclusões vou ler rs.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! Leia sim! Acho que você vai gostar do livro! :)

      Excluir
  3. Oi!!

    Eu geralmente não me interesso muito por livros de não ficção, mas esse é um título que eu leria sem problemas se tivesse a oportunidade..
    Gosto muito de como a Jout Jout pensa e acho que curtiria o livro por isso..

    Beeijos

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíssa! A Jout Jout é muito diva, né? Tenho certeza que você ia curtir o livro! :)

      Excluir
  4. Olá, Tony.
    Amarelo é a cor que menos gosto hehe. Eu não compraria esse livro. Tudo o que você falou na resenha acho que dá para encontrar em outros livros de youtubers. Não compraria, mas leria. Acho que são livros engraçados e que dá para passar o tempo. Mas não compraria porque prefiro comprar livros que vou aproveitar mais e não vou doar logo que acabar de ler como já aconteceu com os outros assim que li.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony,
      É só para avisar que te indiquei em uma tag lá no blog.

      Excluir
    2. Oi, Sil! Ai meu Deus! Sério que você não gosta de amarelo? kkkk Te entendo... Ah e obrigado pela indicação, viu? <3

      Excluir
  5. Apesar de já ter assistido alguns dos vídeos dela e gostado, eu evito esses livros de youtubers, não é o estilo que aprecio de leitura, e pode ser impressão, mas não vejo muito conteúdo nos livros deles, parece só pra dizer que tem um livro. Porém, pela sua resenha, posso estar enganada!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Talvez você esteja enganada, hein?

      Excluir
  6. Oi Tony,
    Eu já me animei pelo fato da protagonista ter 25 anos (eu tenho 24, então a chance de me identificar pode ser grande), mas aí que eu vi que era uma youtuber, hahahaha. Eu não a conhecia, HAHAHAHA.
    Confesso que isso me desanima, sei lá... Posso ser meio preconceituosa, mas você já viu o vídeo em que o Felipe Neto fala sobre esses livros? Dá uma procurada... Eu fiquei com o pé atrás.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale! Sério que ainda não conhecia ela? Não vi não. Depois vou ver...

      Excluir
  7. Oi Tony! Agorinha mesmo a JOUT JOUT falou de seu livro aqui no programa "Altas horas" e me deparo aqui com sua resenha super positiva a respeito do mesmo! Fiquei mega interessada, confesso que de primeiro momento olhei torto, achando que poderia ser um livro sem muito conteúdo como ouço falar de outros youtubers! Mas acho que estou enganada, o tema crises já me deixou instigada a lê-lo!

    Ps: Já comecei a ver o primeiro e o segundo ep de Scream pelo netflix! Novas revelações, novo assassino e novos suspeitos! Estou gostando bastante, e você ?

    Jéssica Patrício - pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica! Ah, eu também tava assistindo o programa e vi a Jout Jout lá! :) Espero que você leia o livro e goste tanto quanto eu gostei! :)

      PS: Menina, eu tô adorando essa nova temporada de Scream! Tá muito boa! :)

      Excluir
  8. Olá Tony! Devo começar dizendo que depois de tanto tempo que li Miguel e Manuela, e quando estava falando dele pra uma amiga me deu vontade de vir aqui visita-lo.
    O que dizer de Jout Jout? Ela é incrivel! Super entendo todo esse preconceito com livros de youtubers mas acho benéfico, o atual problema no Brasil não é youtubers publicarem livros e sim editoras fecharem as portas para a literatura e fingir que nada esta acontecendo... Isso é muito revoltante e triste! Enfim, vamos espalhar o amor não é mesmo? Como amante de livros digo que lendo basta, não importa o que seja.
    Abraços!
    https://escrevendoquemaltem.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vinícius! Awn, que bacana! <3 Bom saber que você ainda lembra de mim e do meu conto! :)
      Sim, é incrível mesmo! Verdade, melhor fazer isso mesmo! <3

      Excluir
  9. Oi, Tony, tudo bem?

    Eu já te falei que não gosto dessa capa, né? Então vamos pular essa parte.
    Você sabe minha opinião sobre livros de youtubers...a Jout Jout é até engraçadinha, mas não sei...acho o conteúdo dela bem irrelevante, apesar de engraçado.
    A conheci em uma entrevista que ela deu pro Jô onde ele deu umas belas sacaneadas nela! hahaha
    Que bom que você curtiu e até favoritou.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami! Tudo ótimo e contigo? Sim, você já disse isso sim. Eu te entendo...

      Excluir
  10. Crises todo mundo tem, não é mesmo, Tony?
    Confesso que pela capa e pela sinopse não fiquei nada curiosa para ler o livro. Mas quando você veio explicando alguns elementos da obra e, ao final, quando deu 5 estrelas e favoritou o livro eu pensei duas vezes e me interessei para ler.

    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty! Sim! hahaha Eu mesmo tenho várias! Espero que você leia o livro e goste dele tanto quanto eu gostei! :)

      Excluir
  11. Oi, Tony! Tudo certo?
    Eu não conheço ela e, que eu me lembre, nunca assisti a um vídeo também. Livros de youtubers têm sido uma fórmula perfeita para conquistar mais leitores. Não posso e nem quero falar mal, mas é o que realmente tem acontecido. Porém, pensando aqui comigo, se um youtuber que eu gosto lançar um livro, creio que ficaria muito ansiosa para ler kkkkk Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! Tudo ótimo e contigo? Hahahahaha te entendo...

      Excluir
  12. Oi Tony, tudo bem?
    Não acompanho a Jout Jout, mas tudo que vi dela foi muito bacana.
    Em meio a Kéferas (respeito quem gosta, mas ela não me desce), fico feliz de ver alguém que produza um conteúdo tão relevante.
    Adorei o post!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Priih! Tudo ótimo e contigo? Fico feliz que você tenha curtido o post! :)

      Excluir
  13. Oie...
    Tenho que confessar que fico com o dois pés atrás em relação a livros de youtubers rsrsrs... Mas, ao ler sua resenha me animei um pouquinho a ler esse pelo fato de você ter mencionado que ele é diferente dos demais...
    Talvez um dia eu leia.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane! Leia sim. Talvez você goste do livro! :)

      Excluir
  14. Oi, Ton!
    Adoro a Jout. Rio demais com ela e o jeito louco e super autêntico que ela tem.
    Dos poucos youtubers que acompanho ela é uma das que mais me faz rir e mais inteligentes que conheço.
    Mas acho que para mim essas coisas, esses textos só funcionam lá nos vídeos. Pode até parecer preconceito, mas quando passa ara o livro isso pra mim perde o encanto.

    Abraçõ.
    Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Di! Garanto a você que isso não acontece. Pode ler o livro sem medo!

      Excluir
  15. Oii Tony, confesso que essa capa me chamou bem atenção mas que eu não sabia do que se tratava do livro. Sabia muito menos que era de uma brasileira hahah Gostei da história e da sua resenha, vou tentar juntar uma graninha pra matar meu desejo de ler o livro.

    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Natália! Junte sim. Tenho certeza que você vai adorar o livro! :)

      Excluir
  16. Oi Tony!
    Eu não tenho muita vontade de ler livros de youtubers e isso aconteceu depois que li "Eu Fico Loko". Não tive uma boa experiência com a leitura que nada me acrescentou.
    A capa do livro da Jout Jout não me agradou e, provavelmente não lerei. Mas fico feliz que você tenha gostado da leitura!!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bah! Ah, que pena! Mas te entendo...

      Excluir
  17. Oi, Tony!

    Não tenho muito interesse em livros de youtubers, mas admito que estou curiosa para ler o livro da Jout Jout e também da Karol Pinheiro, que são realmente escritos, crônicas, e não uma autobiografia escrita por um gosth writer (?). Gostei dos pontos destacados em sua resenha, despertou mais ainda minha vontade de ler!

    Beijos!

    Resenha “O caderninho de desafios de Dash & Lily”: apenasumaleitura.blogspot.com.br/2016/06/resenha-o-caderninho-de-desafios-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! O da Jout Jout é ótimo. Vale super a pena ler! :)

      Excluir
  18. Oi Tony
    Tenho visto muito este livro por aí, mas é a primeira resenha dele que leio. Fiquei bem curiosa, e pelas suas impressões parece ser um livro leve e bem gostoso de se ler. Ai, fiquei louca para ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nessa! O livro é bem assim mesmo! Espero que você o leia em breve.

      Excluir
  19. Nossa Tony, você me contemplou totalmente no que disse sobre a J. Dos youtubers que vejo por ai ela é uma das poucas que me representa. Acho que ela sabe usar bem seus vídeos para entreter, fazer palhaçada, mas tbm ser consciente. Esses tempos vi um vídeo da Kéfera dizendo que ela não tinha nada pra ensinar, que o canal dela era pra falar merda mesmo e bla bla. Até parece que ela não tem responsabilidade com o que publica e fala, tipo, ela tem mais de 5 milhões de seguidores, é uma formadora de opinião sim. Esses youtubers ficam famosos e nem sabem lidar com isso, sei lá, acho que a Jou é a que mais tem conteúdo e coisas boas a oferecer. Eu já quero muito esse livro, ela merece meu dinheirinho rsrs. Beijos !

    www.deixeiflorir.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, tem muito Youtuber por aí que não tem nada de relevante para acrescentar aos seus inscritos! Mas aqui e acolá aparecem uns muito legais. Que é o caso da Jout Jout...

      Excluir
  20. Que legal vc ter gostado tanto, Tony!
    Eu n conhecia a youtuber, e a edição do livro está muito legal, chamou logo a minha atenção quando vi no metrô da primeira vez, rs.
    Quem sabe terei a oportunidade de ler no futuro? Parece divertido e inspirador!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    Ps: tem sorteio rolando no blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! É, quem sabe, né? Espero que você leia mesmo! :)

      Excluir
  21. Me identifiquei muiiito kkkk
    Pelo que você disse me parece ser um ótimo livro, eu não conhecia ela nem o livro mas já vai para minha lista de livros ^^
    Parabéns pela resenha muito completa e bem feita.

    Beijão.
    morenagraviola.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Obrigado, fico feliz que você tenha gostado da resenha! :) E o livro é ótimo, viu? Vale super a pena ler! :D

      Excluir
  22. Olá, Tony!
    Não conheci a Jout Jout, mas agora que vi um pouco mais sobre ela, a mulher parece ser bem divertida do jeito dela hahaha O livro parece ser bem interessante, ainda mais falando de situações tão reais haha Adorei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nath! A Jout Jout é ótima e o livro dela também. Vale muito a pena ler! :)

      Excluir
  23. Oi Tony, tudo bem? Particularmente fico meio assim com esses livros de youtubers ;P
    Conheço a Joujout, mas nao morro de amores por ela. Então acho que não leria o livro. Mas fico feliz que você tenha curtido e é bom saber que ele não é só um livro vazio :3
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gih! Tudo ótimo e contigo? Ah, te entendo...

      Excluir
  24. Ahhhh eu já gosto muito dela somado com sua resenha maravilinda acabei de incluí-lo na minha próxima cesta de compras *--* Não tenho preconceito com livros de youtubers, tudo depende de quem o fez, e acho a Jout Jout sensacional!
    Beijos.

    EuVocê&oslivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom saber disso! Espero que goste do livro! ^^

      Excluir
  25. Todo mundo tem pé atrás com livro de youtuber né, mas é aquilo, pra mim são livros bem voltados para o público daquele canal. E com Jout Jout não é diferente.
    Adoro seus vídeos e quando soube do livro quis logo comprar, mas li algumas páginas de suas crises e desanimei um pouquinho. Tenho certeza que tudo que você disse é real, deu pra ver que é divertido e que flui fácil mesmo, mas ficou a sensação de que eu estava bem somente com os vídeos hahaha. Não sei... por ora, aquela VONTADE ENORME passou, mas pode ser que eu leia daqui há um tempinho sim.
    E concordo, a edição tá linda!! Que capa maravilhosa ♥


    Conhece o nosso blog? Sempre retribuímos visitas e comentários de blogueiros: ourbravenewblog.weebly.com :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo. Mas futuramente dê uma chance ao livro! Quem sabe você não gosta?

      Excluir